Uma loja de comércio eletrônico é uma maneira fantástica de gerar receita com muito pouca sobrecarga: você pode gerar vendas 24 horas por dia em um nível global sem as despesas ou a equipe necessária para operar um negócio físico.

No entanto, apesar do fato de que mais e mais consumidores estão comprando on-line atualmente, muitos negócios de e-commerce ainda estão lutando para se tornar lucrativos.

Se você a sua figura entre eles, aqui estão 10 coisas que podem ser a raiz de seus problemas de receita.

 

  1. Imagens de baixa qualidade e descrições de produtos

Quando os clientes compram on-line, eles não podem pegar um produto e inspecioná-lo. Eles são forçados a confiar nas imagens que você fornece, junto com qualquer descrição que você ofereça.

Imagens e descrições devem ser projetadas para atrair compradores para o item. Se você tiver fotos de má qualidade ou confiar apenas nas descrições técnicas, perderá muitas vendas porque não conseguirá gerar interesse em seus produtos.

Exiba seus produtos de vários ângulos, com imagens de qualidade e crie descrições exclusivas que mostram aos compradores o valor dos produtos e como os consumidores podem se beneficiar deles.

 

  1. Informações de contato ausentes

As informações de contato podem parecer um pequeno detalhe, mas limitá-las ao seu site é uma enorme bandeira vermelha para os consumidores. Eles querem saber que podem entrar em contato com você se houver algum problema. Se você não estiver exibindo suas informações de localização (mesmo sem uma loja de varejo) e número de telefone, terá dificuldade em estabelecer confiança com seus clientes.

 

  1. Um processo de pagamento complexo

Um processo de pagamento complexo e em várias etapas é uma experiência frustrante para os clientes. É como ir ao supermercado por um único produto, apenas para descobrir que a loja tem apenas dois caixas atendendo e as filas estão enormes.

Elimine a frustração criando um processo de pagamento mais curto. Permita que os clientes passem pelo processo e escolham a opção de registrar e salvar suas informações no final, caso desejem voltar novamente.

  1. Taxas de envio escondidas

Muitos clientes acabam abandonando incontáveis carrinhos on-line porque os custos de envio estavam ocultos até o final do processo de pagamento, pois foi só então que descobriram altas taxas de frete que não estavam dispostos a pagar. Alguns clientes nem chegam tão longe. As taxas de envio são uma das maiores razões para o abandono do carrinho de compras, mas é um problema fácil de corrigir.

Forneça aos seus clientes uma calculadora de envio que funcione com base nos itens em que eles estão interessados e em seu código postal. A maioria das plataformas de comércio eletrônico oferece plug-ins que facilitam a inclusão de uma calculadora como essa.

 

  1. Má navegação

De acordo com uma pesquisa, 80% dos compradores pesquisam produtos na internet usando seus smartphones. Se sua loja on-line tiver botões minúsculos, imagens pequenas dos produtos ou um design desordenado, a navegação pode ser incrivelmente difícil.

Ícones de toque pequeno tornam difícil atingir o link ou o botão de segmentação em uma tela de celular reduzida, o que pode prejudicar a experiência de compra e enviar um consumidor para outro lugar. Certifique-se de que seu design para dispositivos móveis seja responsivo, com imagens grandes e botões de tamanho adequado.

 

  1. Os clientes não sabem o que fazer

Mesmo com um site de comércio eletrônico, você precisa deixar bem claro o que deseja que o cliente faça em seu site. As páginas que não são de produtos devem direcionar o cliente usando um apelo evidente e óbvio à ação. Os sites de comércio eletrônico de maior sucesso informam aos clientes exatamente o que fazer; nunca os deixe adivinhar qual é o próximo passo.

 

  1. Você não está se promovendo corretamente

Sem tráfego segmentado, sua loja não gerará receita. Você precisa criar uma estratégia de marketing de entrada que use as mídias sociais, marketing de conteúdo e até marketing pago. Depois que você começar a criar sua base de clientes, permita que o conteúdo gerado pelos usuários e os depoimentos criem mais provas sociais e promovam sua loja.

 

  1. Você não está se relacionado bem com seus clientes

Nenhuma reclamação sobre um vendedor é tão ruim quanto um vendedor insistente. Envolva seus clientes e seguidores nas redes sociais para manter sua marca bem posicionada. Envolva-se em discussões relacionadas para atrair clientes potenciais, mas não passe do ponto.

Mais importante ainda, use o marketing de conteúdo para envolver os clientes antigos e atuais, para que eles continuem voltando à medida que você promove seu conteúdo para novos clientes em potencial.

 

  1. Você está mirando o público errado

Você pode estar investindo tempo e dinheiro em marketing de conteúdo ou em gastos de anúncios que não geram resultado. Se esse for o caso, você está segmentando as pessoas certas? Certifique-se de fazer sua pesquisa de público para que seu marketing seja direcionado à multidão certa.

 

  1. O preço não está certo

Lidar com essa questão pode ser complicada: se os seus preços forem muito baixos, os clientes podem achar que seus produtos são de qualidade inferior. Aumente muito o preço e eles vão comprar em outro lugar. Quando você considera os impostos e os custos de envio, o problema é ainda mais desafiador. Pesquisa de mercado e tentativa e erro podem ajudá-lo a encontrar o ponto ideal de preço que você precisa para ganhar (e manter) os clientes.

 

Imagem cortesia: Pixabay