Como criar conteúdo dentro de seu orçamento

As estratégias de marketing não são tão diretas quanto antes. Já se foram os dias de outdoors, anúncios de jornais e revistas. O marketing de conteúdo on-line está abrindo rapidamente o caminho como uma escolha de marketing primário, devido à sua capacidade de atingir uma grande audiência. Mas você sabia que, com um plano estratégico, seu baixo custo também é um benefício para muitas pequenas empresas?

 

As estatísticas comprovam que cada vez mais empresários estão entendendo o valor da comercialização de conteúdo. Uma pesquisa do Twitter realizada em 2017 revelou que 91% dos entrevistados estão participando do marketing de conteúdo, o que é uma forte evidência para apoiar sua popularidade e eficácia. É preciso uma mão experiente para saber como fazer sua estratégia de marketing de conteúdo funcionar, mas apenas 53% desses entrevistados declararam ter um especialista em conteúdo em sua folha de pagamento. Isso é uma prova de que muitos empresários estão lidando com seu marketing de conteúdo por conta própria.

 

Se você está entre um dos milhares de pequenos empresários tentando navegar no processo de marketing de conteúdo bem-sucedido por conta própria, tente usar essas quatro dicas a seguir para manter o ritmo sem prejudicar o seu orçamento.

 

Dica 1: Traçar uma Estratégia

Você não precisa ser um gênio do Marketing para saber que um plano de marketing definido é uma necessidade para empresas em todos os segmentos. Devido à enorme quantidade de tecnologia disponível, os planos de marketing não são mais estratégias simples. A intenção do marketing é alcançar o maior público possível, então sua plataforma deve ser ampla e variada. Apenas atualizar um site de seus negócios mensalmente é insuficiente e não irá atrair uma quantidade constante de tráfego na internet.

 

Você deve trabalhar para desenvolver e traçar uma estratégia de várias camadas para que seu marketing de conteúdo possa atingir um público maior. Use os três métodos listados abaixo para concentrar seu marketing em um público sensível usando os meios mais econômicos:

 

  1. Identifique (ou redefina) o seu público. Se você ainda não o fez, você deve se concentrar individualmente em uma audiência que deseja atingir, determinando a idade, gênero, estilos de vida e renda do público alvo. Pense no seu marketing de conteúdo como a luz através de uma lupa, concentrando o feixe em uma área específica. Isso economizará os custos associados ao marketing para o público que não responde. A partir daí, decida como você pode gastar seu tempo online direcionado a eles. Eles gostam de blogs, mídias sociais ou conteúdo de notícias? Isso determinará o tipo de conteúdo que você precisa entregar.

 

  1. Crie um calendário editorial. Isso vai garantir que você permaneça consistente ao entregar seu conteúdo. Ele irá indicar quando o conteúdo precisa ser criado e com que frequência ele deve ser distribuído. Seu público dependerá da sua consistência, e seu site se tornará um recurso confiável para seus clientes.

 

  1. Com a ajuda do seu calendário editorial, você pode seguir uma linha de tempo de distribuição consistente. Nunca negligencie a segmentação e o tempo investido na criação de conteúdo quando você estiver comercializando algo já incluso em um orçamento. Você deve publicar o conteúdo para as pessoas certas no momento certo. Não tenha medo de ser criativo, mas certifique-se de que seu tom é apropriado para os eventos específicos. Feriados, grandes eventos esportivos e notícias importantes podem estar ligados à sua estratégia de marketing. Isso gerará mais tráfego, será mais atraente para o seu público e obterá o maior sucesso para seu investimento.

 

Dica 2: Varie seu conteúdo

Variedade é o sabor do marketing de conteúdo, especialmente quando se trabalha com um orçamento rigoroso. Você deve alternar seus tópicos de conteúdo, bem como o seu método de entrega. Não se conforme com postagens curtas no blog do seu site ou na conta de mídias sociais. Navegue por sites e fórums de atualidade para entender o que seu público-alvo está falando e use isso para sua vantagem. As notícias da indústria, as tendências e a nova legislação que afetam o seu público são sempre úteis.

 

Se o seu conteúdo for um artigo semanal, considere combiná-lo com um vídeo ou podcast relevante. Crie memes se você acha que seu público irá apreciá-los. Se você não está tecnicamente inclinado, uma rápida pesquisa do Google de “como criar vídeos de marketing baratos para blogs” pode ajudar. Também é possível reutilizar vídeos ou memes para seu próprio uso, desde que os direitos autorais não se apliquem.

 

Você também deve alternar o formato e o tamanho do seu conteúdo. Ele pode assumir a forma de posts curtos e concisos de 400 palavras ou artigos muito mais longos. Ebooks também são uma opção que pode separá-lo de concorrentes e substanciar sua marca como um recurso informativo e completo. Criar diferentes formatos irá estabelecer que você é bem versado e flexível ao lidar com seus consumidores.

 

Dica 3: Contratar ajuda externa

A tarefa de comercializar seu conteúdo pode parecer assustadora ou demorada, mas há sempre a opção de contratar alguém para fazer isso por você. Se este for o caminho que você escolher, fique atento a algumas bandeiras vermelhas, especialmente se você estiver tentando comercializar o conteúdo com um orçamento apertado.

 

Freelancers são uma opção, mas geralmente são a opção mais cara. Por outro lado, você pode procurar mão de obra fora de seu país em empresas confiáveis que geralmente terceirizam seus projetos para falantes de língua não nativa. Esta opção pode ser muito mais barata. Como você pode imaginar, a qualidade da escrita é baixa e pode causar sanções de classificação.

 

Com um orçamento rigoroso, você precisa encontrar opções confiáveis e acessíveis para criação de conteúdo. Procure por uma empresa que ofereça preços fixos e apenas contrata escritores e editores com base em seu portfólio e qualificação. Esta opção a preços acessíveis irá ajudá-lo a permanecer dentro do seu orçamento, enquanto entrega o conteúdo de alta qualidade que sua audiência merece.

 

Imagem cortesia: Pixabay