Ninguém está interessado em saber quantas horas você gasta no escritório.

 

Muitos empreendedores se gabam das longas horas que dedicam ao trabalho. Eles acreditam que quanto mais tempo você coloca em seu negócio, mais bem sucedido você se tornará.

Muitos empresários colocam seus negócios antes de tudo. Eles negligenciam outras coisas importantes em suas vidas para trabalhar até 120 horas por semana – o equivalente a três empregos em tempo integral. Para eles, é um sacrifício participar das festas de aniversário de seus filhos ou deixam de lado noites de namoro com seus para ter mais horas de trabalho. Eles assumem que qualquer folga prejudicará seus negócios e produção.

As estatísticas sobre o insucesso empresarial, seja dentro de um ano ou cinco anos ou sempre, são sombrias. A maioria das empresas não terá sucesso. Há muitas razões que podem levar à queda do seu negócio: falta de capital, pequena demanda por seu produto ou simplesmente esgotamento pelo estresse constante de ser um empreendedor.

Empreendedorismo não é fácil. Há contas a serem pagas e necessidades de marketing a serem executadas. As negociações são constantes, os equipamentos precisam sempre de reparos ou atualizações, as regulamentações estão sempre mudando. Estratégias precisam de melhorias constantes. O estresse que vem com o trabalho pode ser esmagador. Férias devem, portanto, ser uma alta prioridade para todos os empreendedores e podem realmente ajudar seu negócio a crescer.

 

  1. Aumente sua criatividade

Férias comprovadamente aumentam a criatividade, de acordo com um estudo com algumas pesquisas mais recentes. Tirar sua mente do trabalho durante as férias faz com que o mecanismo criativo do cérebro volte a funcionar. Quando o trabalho parece redundante, leva à falta de inovação. Uma ruptura mental reacende a criatividade e a imaginação que de algum modo desapareceram. Algumas de suas melhores idéias de negócios e inspirações podem surgir exatamente enquanto você está de férias.

 

  1. Aumente sua produtividade

Também é comprovado que férias ocasionais aumentam sua produtividade. Estudos concluíram que profissionais de alto nível que regularmente tiravam folga do trabalho eram significativamente mais produtivos do que aqueles que passavam mais tempo trabalhando.

Tirar esse tempo longe do trabalho e aproveitar umas boas férias pode aumentar drasticamente a sua produtividade, pois você será capaz de refletir em um nível mais alto que você normalmente não teria a chance de fazer enquanto está focado com o dia a dia. Essa é uma excelente oportunidade para a sua mente ser mais produtiva, mesmo quando você não está trabalhando.

 

  1. Aumente seu bem-estar emocional

Além disso, as férias podem aumentar drasticamente nosso bem-estar emocional. Trabalhar longas horas leva ao esgotamento físico e mental. Afastar-se um tempo pode te proporcionar uma carga emocional edificante que nos ajuda a resistir ao esgotamento.

Em uma entrevista com mais de 1300 participantes da área, descobriu-se que sair de férias regularmente contribuiu para níveis emocionais positivos mais altos e menos depressão entre os participantes. Em particular, as mulheres que passavam férias pelo menos duas vezes por ano eram menos propensas a sofrer de depressão e tinham níveis reduzidos de estresse.

Menos estresse e emoções positivas mais altas podem ajudar os empresários a liderar melhor e trabalhar de maneira mais inteligente. Menos estresse se traduz em mais felicidade. Nós nos tornamos melhores líderes, o que beneficiará a empresa em geral.

 

Concluindo

Como proprietário de uma empresa, tente manter a meta de tirar pelo menos três pequenas férias por ano. Eles não têm que ser férias extravagantes, apenas o suficiente para sair do escritório. Isso vai elevar seu negócio a um nível mais alto do que se você tivesse ficado em casa para trabalhar horas extras, dia após dia, sem intervalos.

Os empresários que fazem das férias uma prioridade maior verão sua criatividade disparar. Eles serão mais felizes e mais produtivos. Férias vão ajudá-los a encontrar mais sucesso nos negócios do que se tivessem ficado em casa trabalhando com excesso de trabalho e se gabando disso.

 

Imagem cortesia: Pixabay