Como um agente de mudança e empreendedor, seu trabalho provavelmente envolve a escrita como uma forma de informar, persuadir ou se conectar com seu público. 

 

Vamos ser claros, nós nãos estamos falando sobre revisão de erros de digitação. Isso é importante, com certeza. Mas, estamos falando de algo ainda mais crítico: a persuasão de sua escrita e sua capacidade de obter o resultado que você está procurando. 

Como um agente de mudança e empreendedor, seu trabalho provavelmente envolve a escrita como uma forma de informar, persuadir ou se conectar com seu público. Especialmente se você tem um time enxuto. Você pode escrever para o seu site, newsletter, Twitter, Facebook, ou informativos para seus pontos de vendas. E se você é um gerente, ainda está escrevendo pelos Slacks, mensagens de textos e muitos e-mails de trabalho. Todas essas formas de escrita requerem habilidade para transmitir sua mensagem. 

Infelizmente, além das noções básicas de gramática e pontuação, como profissionais, não aprendemos as nuances de como sermos persuasivos com nossas palavras. Veja porque vale a pena melhorar sua escrita. 

 

  1. Não é apenas como escrever. É como você vende suas ideias.

Você já fez um projeto em grupo? Então você sabe que a pessoa que apresenta recebe todo o crédito. É incrivelmente frustrante e injusto, mas é verdade. O professor e a turma não podem deixar de associar o orador àquele que deve ter liderado o projeto. 

Se você não sabe o jogo que está sendo jogado, é difícil ganhar. 

O mesmo é verdade para saber como você está sendo percebido. Cada interação representa quem você é. Cada texto – um memorando interno para sua equipe, por exemplo – pode reforçar sua marca pessoal ou destruí-la. 

Pense desta maneira: um único e-mail pode mudar a trajetória do seu negócio. A maioria dos e-mails são ignorados porque são autocentrados. Mas, e se você pudesse escrever e-mails que recebessem uma resposta? Poderia ser o começo para obter financiamento, ou um acordo de parceria com um cliente. Boa escrita abre as portas. 

Quando você escreve, considere nuances como: 

  • Tom 
  • Conteúdo 
  • Contexto 
  • Conotações positivas ou negativas 
  • Dinâmica 
  • Apelos à ação 
  • Metáfora 
  • Sequência 
  • Formato 
  • Imagens 

Estas são todas as ferramentas disponíveis para você. Eles não têm nada a ver com a qualidade de suas ideias, mas com um enorme impacto em como suas ideias são percebidas. 

 

  1. É uma habilidade que você usará com frequência.

“Persuasão” não acontece apenas em uma sala de reuniões. A persuasão acontece em pequenas instâncias todos os dias. Por exemplo: 

  • Buscando o alinhamento com alguém sobre Slack: “Devo ir até lá e conversar com eles? Como posso dizer isso? Posso dizer a eles para não soarem como um idiota?” 
  • Dar feedback: “O trabalho não foi ótimo. Como eu digo a eles que preciso ver uma melhora de alta qualidade?” 
  • Defendendo suas ideias: “Eu realmente acho que devemos fazer isso. Como posso fazer isso para que meu chefe seja amigável à minha ideia?” 
  • Navegando em sua vida pessoal: “Meu amigo está perguntando se eu sou gostei desse plano , mas eu não gostei. Como eu escrevo um texto que soe positivo?” 
  • Elaboração de emails importantes: “Não acredito que passei cinco horas neste e-mail…” 

Cada peça de escrita é uma oportunidade de vender: para vender sua credibilidade, para vender porque seu relatório é relevante para uma tarefa, para vender porque um colega de trabalho deve ajudá-lo. Você deve investir em aprender a se expressar com precisão e obter a reação que está esperando. 

Esse é realmente seu único trabalho: inspirar os outros. Escrever é uma oportunidade para fazer isso. Isso não serve apenas para escrever publicações. Estamos falando de escrever em sua vida diária para colegas de trabalho, clientes e parceiros. Essa é a escrita que tem mais potencial quando você a melhora. 

 

  1. Você será mais autossuficiente.

Se você quer horas de maior impacto no seu dia, é isso. Quanto mais rápido você editar seu próprio trabalho, mais rápido você poderá obter feedback. Você reduzirá a probabilidade de falha de comunicação, ferir sentimentos ou causar confusão. Você será claro sobre o que você quer que seu destinatário faça (o resultado) assim que receber seu memorando. 

Da mesma forma que você deve ser seu próprio mentor, às vezes você não tem um colega que possa ajudar a ver seu e-mail antes de clicar em “enviar” ou “publicar”. Quando você se edita, reduz os ciclos de edição de ida e volta. Mesmo se você pedir a um amigo para dar uma olhada, vai ser muito mais rápido. O feedback dele só o tornará mais forte. 

Se você for solicitado a ser um segundo par de olhos, seu feedback será mais útil se você estiver operando a partir de expectativas, estratégias, conceitos, etc. Você será capaz de apontar nuances na mensagem que outras pessoas podem não ver. Então, é útil para todas as partes saberem o básico de como criar uma mensagem forte para o trabalho e para a vida. 

 

A maioria de nós escreve diariamente, mas só porque todo mundo escreve não significa que o façamos bem. Quase todos nós podemos nos beneficiar de melhorar, especialmente se você administrar seu próprio negócio. Afinal, as batalhas de hoje são travadas e vencidas (ou perdidas) com palavras. 

 

Imagem cortesia: Pixabay