Até mesmo empresas bem-sucedidas tiveram que mudar sua marca em algum momento. É hora de mudar a sua? 

 

Muitos empresários e donos de empresas acreditam que a “marca” de uma empresa é simplesmente o nome e o logotipo. Isso não é verdade, é claro: uma marca é mais do que apenas o nome e o logotipo de sua empresa. 

No entanto, também é verdade que o nome e o logotipo da empresa são os principais embaixadores de uma marca, por isso é importante que ambos sejam fortes. 

A marca da sua empresa é a soma total das experiências que seus atuais clientes e clientes em potencial têm com sua empresa. Uma boa marca comunica o que sua empresa faz e como ela faz isso. Uma boa marca também estabelece confiança e credibilidade. E como uma marca evolui com o tempo, muitas empresas, incluindo algumas das mais bem-sucedidas, passam por mudanças. 

Então, quando uma empresa deve considerar mudar sua marca? Aqui estão algumas maneiras para identificar a hora certa. 

 

As empresas devem renomear para se diferenciar melhor da concorrência. 

Se o nome da sua empresa for genérico e semelhante ao de outras empresas, você está prejudicando sua marca. Um logotipo genérico também prejudicará sua marca. Um problema relacionado ocorre quando você usa stock art em sua marca ou materiais de marketing: Você pode estar machucando sua marca porque todos reconhecem a arte quando a veem; e essas fotos podem aparecer sendo usadas por seus concorrentes. 

É aí que entra o rebranding: ele pode ajudar sua empresa a se destacar dos concorrentes, apresentando as coisas que tornam sua empresa diferente e melhor. 

Até mesmo as melhores empresas mudam sua identidade de marca. Por exemplo, você sabia que o Google começou com o nome “Backrub”? Não é incomum que uma empresa supere seu nome e procure um novo e exclusivo nome comercial que possa ajudar no crescimento de seus negócios. Talvez seja hora de sua empresa fazer o mesmo. 

 

As empresas devem renomear para dar nova vida à uma marca desatualizada. 

É possível que sua fonte Comic Sans, o site baseado em flash ou a paleta de cores dos anos 90 estejam arrastando sua marca para baixo e fazendo com que sua empresa pareça desatualizada. O que você vai fazer? A resposta é “rebrand”, algo que até mesmo as empresas mais bem-sucedidas fazem. 

Empresas inteligentes renomeiam porque sabem que um bom design pode construir ou quebrar um negócio. Talvez o seu negócio tenha começado a vender camisetas personalizadas, mas agora você pretende adicionar canecas de café personalizadas. Se a sua marca gira em torno de camisetas, os clientes não saberão que podem procurar canecas com você. 

Esse é um problema comum, então procure garantir que o nome da empresa não seja muito restrito ou literal. 

 

As empresas devem renomear para superar sua má reputação. 

A recente reforma da marca da Uber foi necessária para romper com sua má reputação e demonstrar visivelmente um compromisso com uma cultura nova e melhorada. Se o seu negócio está lutando para superar uma reputação negativa, uma marca nova pode ajudar os consumidores a enxergá-lo sob uma nova luz. 

 

As empresas devem remarcar quando seus negócios evoluem. 

Às vezes, uma empresa tem a oportunidade de expandir ou segmentar um novo mercado. Quando isso acontece, é importante garantir que seus novos clientes e clientes em potencial possam se conectar à sua marca. Foi o que aconteceu com o Pabst Blue Ribbon, uma cerveja americana de baixo preço popular entre fraternidades. A versão chinesa do PBR – o imponente Pabst Blue Ribbon 1844 – custa 44 dólares por garrafa! 

Isso aconteceu porque a Pabst viu uma chance de se vender novamente para o mercado chinês de cervejas artesanais. Ao fazer sua lição de casa, a Pabst expandiu-se para um novo grupo demográfico e aumentou significativamente seus negócios. 

 

Uma nova marca é uma declaração do compromisso da sua empresa com o crescimento. Mudar nunca é fácil, mas às vezes, uma mudança lhe fará bem. 

 

Imagem cortesia: Pixabay