Quando você está escrevendo (ou falando) sobre um aplicativo, é essencial diferenciar entre a maneira como você pensa sobre o aplicativo e o modo como seus clientes pensam sobre o aplicativo.

 

Quando você escreve (ou fala) sobre um aplicativo, é essencial diferenciar entre a maneira como você pensa sobre o aplicativo e a maneira como seus clientes pensam sobre o aplicativo. Seus clientes de pequenas empresas não se importam em como ele funciona; eles se importam com o modo como seus clientes o experimentarão. Como revendedor de aplicativos, escreva a partir dessa perspectiva, não da perspectiva do desenvolvedor. Isso significa falar sobre benefícios, em vez de recursos.

Por que é importante saber como escrever sobre os benefícios de um aplicativo? Porque você terá que fazer isso mais vezes do que pensa. Tudo começa quando você está tentando convencer um dono de pequena empresa sobre seu produto, você quer ser capaz de transmitir seus benefícios em forma falada e escrita. Após a venda, você precisará escrever a descrição dele na loja de aplicativos, o material promocional e assim por diante. Como seu cliente de pequena empresa não saberá como fazer essas coisas, você precisará orientá-lo.

Então, sem mais delongas, aqui estão cinco maneiras de escrever sobre os benefícios de um aplicativo, não sobre seus recursos.

 

  1. Escreva concisamente

É importante não falar sobre o quão bom é o seu produto. Seja tão conciso e direto ao ponto quanto possível; estamos falando de marcadores, não de ensaios. As pessoas querem obter suas informações rapidamente para que possam tomar uma decisão, e não ouvir você falando sobre o quão incrível é o seu aplicativo. Considere testar sua linguagem com um teste A/B por e-mail e ver qual versão recebe mais cliques. Anote quais palavras-chaves funcionaram e use-as em futuras descrições de seu produto. Seja qual for a linguagem utilizada, enfatize que seu aplicativo existe para resolver problemas e melhorar a vida das pessoas.

 

  1. Concentre-se na experiência principal

Se você for escrever sobre os benefícios do seu aplicativo com eficiência, precisará se concentrar na experiência principal que o aplicativo oferece aos usuários. Não fique atolado em detalhes e complementos; pergunte-se qual é a sua função mais importante e concentre-se em escrever isso. Como desenvolvedor do aplicativo, você terá interesse em detalhes que o usuário médio pode não notar ou apreciar tanto quanto você. O que torna seu aplicativo indispensável? Isso é o que beneficia a pequena empresa e seus clientes, e não alguns detalhes que você acha que é legal. Não concentrar-se no objetivo do aplicativo resultará em uma descrição superficial que pode deixar os leitores perguntando: “O que é que esse app faz mesmo?”, e deixando-o de lado.

 

  1. Pare de adicionar recursos

É tentador continuar adicionando mais e mais recursos, pensando que você está adicionando mais valor. Lembre-se de que é sobre a experiência principal, conforme mencionado acima. Quanto mais recursos você descrever, mais confuso e complicado seu produto parece. Concentre-se em comunicar o que seu aplicativo faz e como ele é confiável. Seus clientes estão interessados por causa do objetivo do seu aplicativo, então esse deve ser o grande ponto de venda. Claro, você pode ter alguns pequenos benefícios colaterais, mas quanto mais você fala sobre esses benefícios, menos você está falando sobre o motivo principal pelo qual eles estão interessados. Isso realmente te ajuda?

 

  1. Lembre-se de que um aplicativo nunca está completo

Seu aplicativo vai mudar com o tempo, e seus recursos também. O que é menos provável que mude é a experiência do cliente. Quando você estiver lançando uma nova versão, lembre-se de reforçar em sua redação que ainda é o mesmo aplicativo que as pessoas adoram, apenas com melhorias. Enquanto você pode pensar que seus ajustes e atualizações são incríveis, resista à tentação de apresentar a nova versão como completamente diferente. As pessoas gostam do seu aplicativo, por isso, não venda uma atualização como um novo produto. Fale sobre a atualização em termos de seus benefícios, mas os enquadre para o que eles são: uma versão aprimorada do aplicativo que as pessoas já adoram. Por outro lado, você não deve escrever a descrição do aplicativo uma vez e nunca olhar para trás. A escrita em si pode sempre usar ajustes em termos de torná-lo mais persuasivo e poderoso.

 

  1. Receba feedback sobre seu aplicativo

Você precisa descobrir o que a base de clientes do seu cliente deseja em uma experiência móvel. A melhor maneira de saber se o seu aplicativo funciona como deveria é colocá-lo no mercado. Não perca tempo e dinheiro testando e desenvolvendo por anos; apenas lance e veja o que acontece. Você pode descobrir, depois de testar o mercado, que precisa fazer algumas alterações para acomodar melhor o público-alvo. Mas é melhor descobrir isso rapidamente do que gastar muito tempo em desenvolvimento, consumindo recursos antes de perceber que as alterações precisam ser feitas. Você pode incorporar esse feedback nas atualizações do aplicativo.

 

Conclusão

Escreva com a perspectiva do usuário final em mente. Pense no tipo de experiência que você pretende fornecer com o aplicativo, não em seus recursos mais interessantes. A pessoa comum não está preocupada com o fato de que sua atualização mais recente usa a tecnologia PWA, eles só querem que ela funcione de uma maneira que melhore suas vidas. Concentre-se em como o aplicativo resolverá um problema e beneficiará o usuário – e a pequena empresa. Uma descrição concisa e direta vai bater uma descrição longa e excessivamente detalhada em qualquer dia.

 

Imagem cortesia: Pixabay