Por que alguns proprietários de pequenas empresas florescem enquanto outros falham?

Existem inúmeros motivos que podem ser elencados, mas eis os sete principais motivos de sucesso de pequenos empresários.

 

  1. Uma mentalidade empreendedora

 

Para desenvolver uma mentalidade para o sucesso, você deve perceber que a forma como você percebe seu negócio e sua vida determinam sua realidade. Empresários com mentalidade empresarial não pensam como abelhas operárias. Eles têm várias características que os levam a se destacarem na multidão. Os empresários não nascem assim, eles são construídos com estudo e determinação. Os empresários estão dispostos a não ganhar em todas as apostas. Eles entendem que nem todas as ideias são boas. Haverá momentos em que você estará fazendo o seu melhor, mas se sentirá frustrado com a falta de progresso em sua empresa. Todo empresário passa por esses períodos difíceis. É em momentos como esse que você precisa se concentrar no positivo e manter seu otimismo funcionando. A chave é evitar o pensamento negativo.

 

  1. Disciplina Fiscal

 

Empresários bem-sucedidos usam orçamentos e projeções de vendas realistas para executar seus negócios. Eles sabem até o dia 15 do mês o quão bem seus negócios foram. Eles não gastam dinheiro em viagens, eventos ou feiras comerciais que não estão orçadas. Eles não contratam pessoal sem ter o dinheiro ou os contratos com antecedência. Eles também entendem como usar uma linha de crédito. Eles usam isso com cuidado para necessidades de caixa de curto prazo e não necessidades de financiamento de longo prazo, como despesas de marketing.

 

  1. Um gabinete de cozinha de conselheiros

 

Você precisará desenvolver relacionamentos com pessoas que já são empresários, ou outras pessoas em condições de dar uma ótima visão sobre o que você precisa para ser um sucesso comercial. É muito útil também incluir um potencial cliente em suas conversas de back-channel. Os clientes podem fornecer uma visão valiosa do mercado e, mais importante, apresentá-lo a outros potenciais clientes. Mantenha a companhia de pessoas inteligentes. Às vezes, um telefonema para um conselheiro pode economizar muita azia e dinheiro.

 

  1. Uma marca definida

 

Sua marca é a personalidade de seu produto, empresa ou serviço; mas o que torna a marca excelente? Você deve proteger sua marca com seu registro, patentes e/ou direitos autorais necessários no geral, desde para o seu logotipo, cores e design da sua embalagem até a invenção de um novo produto ou processo.

Empresários bem-sucedidos tratam sua marca como um investimento, não um custo. Uma marca forte deve ser relevante para clientes, contemporâneos e atraentes. As marcas estão entre os ativos mais importantes que uma empresa pode possuir, e marcas fortes podem garantir a continuidade do negócio em tempos de dificuldade.

 

  1. Um nicho de mercado

 

Os empresários bem-sucedidos entendem que apenas um número limitado de pessoas irá comprar seu produto ou serviço. Eles apenas buscam esforços de marketing para as pessoas exatas que estão buscando como clientes. Ter um grupo de clientes estreitamente definido é como eles construíram seus negócios.

 

  1. Excelente serviço ao cliente

 

Os empreendedores bem-sucedidos sabem que o excelente serviço ao cliente manterá os clientes voltados. No ambiente de negócios orientado para o cliente de hoje, as “habilidades das pessoas” são críticas para o sucesso das pequenas empresas. Como você lida com seus clientes pode afetar diretamente o desempenho da sua empresa. Empresas fortes fornecem manuais e treinamento de pessoal sobre as habilidades necessárias para comunicar o profissionalismo, ganhar respeito e melhorar os relacionamentos com os clientes. Eles também usam softwares de gerenciamento de relacionamento com o cliente para rastrear o valor dos clientes para o negócio e gerenciar os contatos dos clientes.

 

  1. Posição em dinheiro e boa relação bancária

 

No dia-a-dia, empresários bem-sucedidos entendem o que é a posição de caixa em termos de contas a receber e contas a pagar. Eles não apenas fazem depósitos e retiradas. Eles têm um relacionamento com o gerente e caixeiro de cabeça em seu banco. Eles também usam dois bancos para garantir que seus ativos pessoais e empresariais não estejam localizados no mesmo banco.

 

Imagem cortesia: Pixabay