Veja esses oito lembretes úteis que podem ajudá-lo a implementar a psicologia em seus esforços de marketing.

  1. A mente humana é propensa à impulsividade.

    Independentemente da demografia, a maioria das pessoas faz compras por impulso, como mostram os dados de várias pesquisas em vários páises. É por isso que estamos cercados de mensagens que pedem aos clientes para se inscrever, comprar e experimentar agora.

 

  1. As imagens são processadas mais rapidamente que o texto

    Uma imagem pode dizer mil palavras – e leva apenas uma fração do tempo que levaria para ler essas mil palavras. Mais importante, foi demonstrado que as pessoas pensam visualmente. Visuais poderosos causam um impacto prolongado. Às vezes, uma imagem pode ser a diferença quando os consumidores estão considerando uma compra online.

 

  1. O azul está associado à confiança

    Pesquisas mostram que o azul está significativamente associado a um sentimento de confiança. Os profissionais de marketing podem fazer uso de pesquisas disponíveis sobre a psicologia das cores. Naturalmente, os profissionais de marketing devem estar cientes de que fatores sociais estão em jogo nessas associações. Por exemplo, em muitas culturas o branco simboliza a pureza, tornando-a uma cor preferida para vestidos de noiva. Em contraste, a cultura chinesa atribui o branco a morte, luto e a perda enquanto o preferem o vermelho nos casamentos por causa de sua associação à sorte.

 

  • A confiança pode ser fomentada associada a palavras apropriadas

    As palavras podem estabelecer o alicerce da confiança, especialmente quando são elaboradas com cuidado. Segundo estudos, estas são algumas palavras que funcionam bem e de forma consistente quando ligadas a uma venda:

    – autêntico
    – certificado
    – garantido
    – fiél
    – oficial

  • Dizer sim uma vez significa uma grande probabilidade de dizer sim novamente

    Os vendedores têm aproveitado o fenômeno de que os clientes que dizem sim a um pequeno pedido, como um cadastro por e-mail, são muito mais propensos a dizer sim novamente para futuras campanhas e compras.

 

  1. O primeiro número que um cliente vê pode afetar a forma como o cliente avalia o preço no futuro.

    Por exemplo, um consumidor em busca de uma televisão acessível com um orçamento de R$ 1.000 pode ver que uma TV que custa R$ 3.999 e considerar isso muito alto. No entanto, se esse mesmo consumidor visse a mesma televisão marcada por R$ 1.499, o preço drasticamente reduzido tem um efeito que pode obrigar o comprador a comprar a TV, mesmo que ela esteja acima do orçamento original.

 

  1. Toda decisão é baseada na emoção

    A neurociência provou que todas as decisões – mesmo aquelas feitas por tipos mais “racionais” – são formadas pelas emoções. Profissionais de marketing que provocam as respostas emocionais como forma de obter mais vendas devem, em vez disso, abordar esse método como uma forma de alinhar produtos / serviços e campanhas apropriadamente à emoção à qual os clientes podem estar mais propensos.

 

  1. As pessoas geralmente agem de acordo com a forma como são rotuladas

    Nós nos vemos através dos olhos dos outros, tornando as expectativas e percepções colocadas sobre nós cruciais para a formação de nossas inclinações comportamentais. Aproveite-se disso de forma adequada para aumentar o potencial de suas campanhas de marketing.

 

Imagem cortesia: Pixabay