Preocupado que o seu cabelo grisalho seja um sinal de que você perdeu sua chance? Não se preocupe – você ainda não superou a colina empreendedora.

 

A mídia está cheia de histórias de jovens empreendedores que fizeram sucesso. Mark Zuckerberg tinha apenas 19 anos quando fundou o Facebook. O aplicativo Snapchat do Evan Spiegel já contava com 1 milhão de usuários quando ele tinha 22 anos. E, é claro, ambos os fundadores se tornaram bilionários. Olhe um pouco mais de perto, porém, e você verá claramente que esses fundadores são exceções louváveis a uma regra totalmente diferente.

Essa regra tem a ver com a preocupação de que você é muito velho para ser um empreendedor – algo que pode estar em sua mente nesta época em que o ano novo se aproxima.

Usando dados do US Census Bureau e da Receita Federal, pesquisadores do MIT e da Northwestern University descobriram que 2,7 milhões de empresários iniciaram negócios entre 2007 e 2014. E a idade média deles? 42. Se isso não é surpreendente o suficiente, os pesquisadores também descobriram que os empresários com os negócios de maior crescimento eram ainda mais velhos: 45 em média.

Não apenas não é tarde demais para você começar a startup com a qual você sonha há anos, mas você tem uma chance maior de sucesso do que alguém de 20 anos mais jovem. Se você está preocupado que o seu cabelo grisalho é um sinal de que você perdeu sua chance, não se preocupe – você ainda não superou a colina empreendedora.

Há muitas razões possíveis pelas quais os empreendedores mais velhos tendem a ter um melhor desempenho. Melhor acesso ao capital, uma rede mais desenvolvida de contatos profissionais e uma riqueza de experiência em comparação com a de seus colegas mais jovens são todos fatores que contribuem para isso. Cabe a você capitalizar essas vantagens. Veja como:

 

  1. Faça escolhas financeiras inteligentes ao financiar seu empreendimento.

Ao iniciar um negócio, fundadores mais maduros tem algumas vantagens. Tarefas como obtenção de licenças ou identificação fiscal e solicitação de empréstimos são mais fáceis para empreendedores mais velhos.

Por exemplo, uma pesquisa mostrou que apenas 14% dos proprietários de startups com 45 anos de idade ou mais sentiam que solicitar empréstimos era difícil, enquanto 21% dos entrevistados com menos de 45 anos disseram ter dificuldades com essa tarefa. Além disso, um fundador de 50 anos tem 1,8 vezes mais chances de construir uma das firmas de maior crescimento do que um fundador de 30 anos de idade. Esses dados podem ajudá-lo a vender a si mesmo e a sua ideia para investidores que, de outra forma, tendem a favorecer os jovens fundadores.

É claro que existem algumas desvantagens aqui: primeiro, devido à sua idade, não seja rápido demais para investir todo seu dinheiro para ajudar a financiar seu empreendimento. Você não terá mais de 20 anos para ganhar de volta o que você investiu, especialmente se seu novo negócio não obter lucro nos primeiros anos.

Da mesma forma, certifique-se de continuar contribuindo para sua aposentadoria em vez de dedicar toda a sua renda e economia extra ao seu negócio. Você precisa proteger seus ativos à medida que estabelece o seu negócio, para que não perca tudo se a empresa fracassar.

 

  1. Conecte-se com mentores e aprendizes mais jovens.

Mentores não precisam ser velhos que começam cada história com “Quando eu tinha a sua idade …”

Há muitos jovens também, que têm muito a oferecer, incluindo valiosas conexões sociais com membros promissores da força de trabalho. Então, mantenha uma rede com membros das novas gerações que estão entrando na força de trabalho, e eles serão uma grande ajuda quando chegar a hora de contratar os melhores talentos. Além disso, ter um mentor mais jovem pode inspirá-lo a manter uma mentalidade inovadora.

 

  1. Seja orgulhoso do que você conhece; seja humilde sobre o que você não domina.

Aqueles jovens de 19 anos que enriquecem têm todos os motivos para se sentirem empoderados, mas a juventude e a imaturidade podem levá-los a se tornar obstinados e egoístas. Quase todo mundo familiarizado com a rede social ouviu a história do cartão de visitas original do Facebook de Mark Zuckerberg, que refletia a atitude adolescente de um fundador que não entendia quanta responsabilidade sua posição implicava.

Ter algumas décadas extras de experiência de trabalho obviamente não significa que você saiba tudo, mas ainda assim é inestimável. É importante ter confiança em suas experiências passadas – tanto pessoal quanto profissionalmente. Você não carrega mais a ingenuidade da juventude.

Dito isso, lembre-se de que a maioria das indústrias está em constante evolução e será preciso muito trabalho para transformar sua visão em realidade. Quaisquer que sejam seus triunfos anteriores, é seu crescimento pessoal contínuo que determinará seu sucesso nos negócios a longo prazo.

 

Certamente, há muitas razões para manter seu emprego: Uma tolerância menor a riscos, falta de financiamento suficiente ou uma boa ideia sem mercado viável são todas razões inteligentes para abandonar suas ambições. Idade, no entanto, é um fator que não deve deter seu espírito empreendedor.

 

Imagem cortesia: Pixabay