Liderar uma empresa, departamento ou equipe é difícil. Você já desejou poder perguntar para líderes bem-sucedidos contassem para você todos os detalhes de como conseguem gerenciar todas as questões em torno de seus negócios? Bem, abaixo compilamos as principais dicas e orientações fornecidas por especialistas em gerenciamento de empresas e administradores.

 

  1. Não há um jeito certo de se tornar um líder.

 

A maioria das pessoas gosta de fornecer listas mágicas sobre “como se tornar um líder bem-sucedido”. A realidade é que a fórmula mágica para o sucesso em sua empresa simplesmente não existe. Há muitas variáveis, e muitas delas estão além do seu controle, incluindo sorte, tempo e química pessoal. Portanto, não há um caminho óbvio para seguir em sua carreira, e inúmeros diplomas e cursos não significam necessariamente que você será promovido rapidamente.

 

  1. Você deve equilibrar os opostos.

 

Muitas das coisas que um bom líder precisa fazer são contraditórias. É importante entender que liderar é viver em paradoxos. Por exemplo, você precisa de humildade para reconhecer suas limitações e o que você não conhece, mas a audácia de fazer movimentos ousados. A empatia é extremamente importante, mas também é necessário ter a habilidade de despedir alguém (mesmo com a empatia com essa pessoa).

 

Um CEO falou que os valores mais importantes para a liderança são opostos: escuta versus liderança, ser generoso versus responsabilizar as pessoas, e assim por diante.

 

  1. A cultura vem do que você faz, não o que você diz.

 

A maioria dos CEOs, em algum momento, passou pelo exercício de definir os valores e a cultura de suas empresas, no que pode ser chamado de “um rito previsível de passagem”. O fato é que não importa quantos retiros você promova, ou se você oferece horários flexíveis, férias ilimitadas , mesas de ping-pong ou recreação, há apenas uma maneira de permitir que os funcionários conheçam a cultura e os valores da sua empresa: por quem impõe as medidas disciplinares e a quem oferece as recompensas.

Não importa o que as pessoas dizem sobre a cultura, está tudo ligado a quem é promovido, quem recebe informações e quem é demitido. Seja lá o que você disser sobre a cultura, as pessoas da sua empresa verão as pessoas que são promovidas como modelos para o comportamento que você deseja.

 

  1. Você deve ser confiável.

 

Se você quer saber uma qualidade que todos os bons líderes precisam ter, uma que será citada de forma unânime é a confiabilidade. Todos nós temos como referência alguns chefes, que se destacam com base em nossas observações e experiências: Confiamos neles para fazer o que é certo? Eles possuem seus erros, dão crédito onde o crédito é devido, se preocupam com seus funcionários como pessoas em oposição aos ativos?

Como um CEO afirmou: “Se você deseja liderar os outros, você precisa confiar; e não pode conseguir a confiança de sua equipe sem integridade”.

 

  1. É tudo sobre o respeito – o seu, não o deles.

 

Uma das ideias mais surpreendentes, e pouco mencionada é sobre a importância do respeito – mas não que bons líderes precisem ganhar o respeito de seus funcionários. É o outro lado: que os melhores líderes tenham o maior respeito por aqueles que relatam a eles.

Por definição, se houver liderança, significa que há seguidores, e você é tão bom quanto os seus seguidores. A qualidade dos seguidores está em correlação direta com o respeito que você mantém em sua equipe. Não é o quanto eles te respeitam o mais importante. Na verdade, é o quanto você os respeita. É tudo.

Isso é contra-intuitivo. E, no entanto, faz todo o sentido.

 

Imagem cortesia: Pexels