Na ausência de regras, as pessoas fazem as suas próprias. Desenvolva uma lista ética de regras para garantir o sucesso.

 

A ideia de que as empresas de sucesso precisam de equipes de sucesso por trás delas não é novidade. Os empreendedores sabem que, para chegar ao topo, precisam ter boas pessoas com eles. O negócio não é um esporte solo.

Mas o que faz um grande time? Cultura, personalidades e características são importantes, mas se você procura uma equipe de nível competitivo, precisa criar um sistema que responsabilize as pessoas por suas ações.

É a mesma verdade nos esportes. Claro, você terá seus craques, mas nem eles conseguirão levar o time nas costas o tempo todos a menos que todos estejam a bordo, jogando pelo mesmo plano de jogo, motivando uns aos outros, fazendo referência ao mesmo código de ética.

Uma lista dessas regras é o que chamamos de “Código de Honra”. É um conjunto de regras simples e poderosas que governam o comportamento interno de qualquer equipe, organização, família e até mesmo nação. Essas regras determinam como nos comportamos uns com os outros. Eles são o que as pessoas estão dispostas a defender e a serem responsabilizadas. Eles são o que manterá a equipe em movimento quando a pressão estiver grande.

Essas regras não precisam ser complicadas, mas precisam ser valiosas. Veja alguns exemplos:

 

  • Seja pontual
  • Se você não souber como responder à pergunta de um cliente, peça a alguém que saiba.
  • Comprometer-se com o desenvolvimento pessoal e a educação.

 

A lista continua, e os itens também podem ser personalizados para o seu próprio conjunto de condutas morais, desde que isso faça sentido para sua equipe. Na falta de regras, as pessoas criam as próprias. Para garantir que sua equipe funcione da melhor maneira possível, veja como você pode começar a desenvolver seu próprio Código de Honra:

 

  1. Encontre um momento sensato para criar o código

O negócio é agitado e, às vezes, suas emoções nem sempre são estáveis. Quando as emoções são altas, a inteligência é baixa. Espere até que você tenha um momento de silêncio para si mesmo, de modo que possa pensar com clareza e racionalidade.

 

  1. Encontre problemas recorrentes que interferem no desempenho da equipe

Existe alguém na sua equipe que gosta de repreender publicamente outra pessoa? O atraso é um problema comum no escritório? As pessoas simplesmente não estão se comunicando umas com as outras diariamente? Se houver algo que pode ser melhorado, estabeleça a solução como um código. Todos devem participar.

É fácil criar a lista por si mesmo, publicá-la para todos e torná-la lei. A verdade é que, para uma equipe trabalhar com sucesso, o líder deve ser transparente e aberto a críticas construtivas. Talvez algumas regras sejam muito perniciosas para a equipe. Regras como “Todos os e-mails enviados devem ser encaminhados para mim” simplesmente não devem figurar no Código de Honra de sua equipe. Além disso, quando uma equipe sente que ajudou a moldar o código, é mais provável que deseje preservá-lo e segui-lo.

 

  1. Seja específico

O Código de Honra não é uma declaração de missão. É mais direto que isso. Em vez de criar regras como “Seja profissional”, diga à sua equipe exatamente o que você acha que sua definição significa. Algo como: “Não discuta problemas enquanto estiver com raiva. Acalme suas emoções antes de uma conversa”. Ou então: “Nunca fale mal de um colega de equipe pelas costas.”

As regras devem ser desafiadoras, mas não impossíveis.

É fácil exagerar na criação do seu código. Você provavelmente desejará ter centenas de regras, mas isso pode sobrecarregar sua equipe e prejudicar sua causa, em vez de ajudá-la. Assim como os Dez Mandamentos, comece com uma lista curta e simples que todos possam entender e seguir.

 

  1. Mantenha a equipe responsável pelo código

Se alguém violar o Código de Honra, chame a atenção deles. Se as regras não forem cumpridas, elas acabam se tornando outro pôster motivacional apenas juntando poeira no escritório. Incentive sua equipe a chamar sua atenção se você violar as regras também. Respeito é uma via de mão dupla, afinal.

Lembre-se de que um Código de Honra é uma coisa em constante evolução e que muda com base na equipe, nos problemas atuais e nas necessidades imediatas. O código também é uma ótima maneira de selecionar novos candidatos para uma posição na sua empresa. Se ele não puder cumprir as regras da sua empresa, isso pode significar que você ainda não encontrou a pessoa certa.

 

Imagem cortesia: Pixabay