Há tantas coisas que podem matar as carreiras de pessoas boas e trabalhadoras. Os erros honestos geralmente geram consequências difíceis.

Nós normalmente só ouvimos sobre os exemplos mais flagrantes, como quando uma funcionária se tornou uma sensação na Internet por escrever um artigo que criticava o baixo salário da empresa e seu chefe. Não foi uma surpresa ela ter sido demitida rapidamente.

A maioria das pessoas não comete faltas brutas como esta funcionária, elas matam suas carreiras de maneiras sutis, decididamente não dramáticas. E é uma pena, porque acontece o tempo todo.

Veja abaixo algumas das situações que podem implicar diretamente em sua carreira:

 

Prometer mais do que pode cumprir:

É tentador prometer a lua aos seus colegas e seus clientes, especialmente quando você é honesto e trabalhador, e acredita que pode fazê-lo. O problema é que não faz sentido criar pressão adicional que possa fazer você ficar mal. Se você prometeu fazer algo de forma ridiculamente rápida e perder o prazo por pouco, você provavelmente pensará que ainda fez um bom trabalho porque você entregou rapidamente; mas no momento em que você promete algo a alguém, eles não esperam nada menos. Esta é uma das situações em que a percepção importa mais do que a realidade. Não defina deliberadamente seus objetivos; apenas seja realista sobre os resultados que você pode entregar.

 

Tornar-se acomodado

 

Há quanto tempo que você não aprende uma nova habilidade, alcançou seus contatos de rede ou até mesmo poliu seu currículo? Se você não consegue lembrar, você pode ter se tornado um pouco complacente, e a complacência é um verdadeiro assassino da carreira. É o que acontece quando você para de se mover e pensa nada mudará. Mas já vimos que a mudança é inevitável. Se você está sempre ocupado demais para aprender algo novo, ou para expandir sua rede de contatos, você conseguiu misturar suas prioridades. No entanto, se você mantiver um crescimento contínuo, você estará pronto para o que quer que seja.

 

Ter medo de mudança

 

O medo da mudança é o gêmeo maligno da acomodação. Ele trabalha ativamente para manter as coisas iguais. Tenho certeza de que você já ouviu em algum momento: “Mas sempre fizemos isso dessa maneira”. As coisas estão mudando muito rapidamente nos dias de hoje para que se pense em estabilidade. Em uma pesquisa, 91% dos entrevistados disseram que os funcionários mais bem-sucedidos são aqueles que podem se adaptar ao ambiente de trabalho em mudança. A mudança é uma parte constante de nossas vidas, tanto pessoal como profissional. Não importa se você acha que as coisas devem mudar ou se você prefere os modos antigos, a mudança apenas vem. Você não precisa aprender a amar mudanças, mas você precisa aprender a parar de resistir e começar a se adaptar a ela.

 

Manter o ego inflado

 

Você já trabalhou com alguém que teve uma série de sucessos e começou a pensar que eles eram alguém diferenciado? O sucesso é ótimo. Ele definitivamente impulsiona a sua carreira, e é realmente muito bom. Os problemas começam uma vez que você deixa isso subir à sua cabeça. Você começa a pensar que o sucesso vai durar para sempre, e que você tem direito a isso. Não fique contente com o descanso. Uma vez que você começa a pensar que você já domina o pulo do gato, você está se preparando para um fracasso muito doloroso.

 

Perder uma visão do todo

 

É fácil abaixar a cabeça e trabalhar tão duro ao ponto de perder a visão do quadro geral. Mas pessoas inteligentes aprendem a manter isso em equilíbrio, pesando suas prioridades diárias contra um objetivo cuidadosamente calculado. Não é que eles não se preocupam com o trabalho, mas têm a disciplina e a perspectiva para ajustar seu curso, conforme necessário. A vida um grande quadro, e quando você o perde de vista, tudo sofre.

 

Não ser positivo

 

Às vezes, quando você está se sentindo negativo e baixo, seu humor pode escapar do seu controle e afetar outras pessoas, mesmo que você não pretenda. Você foi contratado para tornar os trabalhos do seu chefe e de sua equipe mais fáceis, não mais difíceis. As pessoas que espalham a negatividade através de seu departamento e queixam-se sobre o trabalho ou outras pessoas complicam as coisas para todos os outros. Se as pessoas sempre têm que medir as palavras perto de você, eles provavelmente não estarão dispostos a fazê-lo por muito tempo.

 

Ter baixa inteligência emocional

 

Todo mundo sabe que você pode ser demitido por falhas no trabalho ou dificuldades em se relacionar, mas o que pode prejudicar muitas pessoas é a incapacidade de se manter neutro. Se todos puderem dizer quando você está entediado ou irritado, ou que você acha que algo que um colega diz é estúpido, isso irá prejudicá-lo. Os estragos emocionais, a despreocupação com os outros, são outras maneiras pelas quais a falta de inteligência emocional causará grandes danos à sua carreira.