Você está pensando em começar seu próprio negócio este ano? Se sim, você não está sozinho. Há muitas vantagens em começar seu próprio negócio. Em primeiro lugar, se o seu negócio for bem-sucedido, você pode gastar de 9 a 5 anos fazendo o que ama – essa é umas das principais razões para administrar seu próprio negócio. Isso também lhe dá liberdade e flexibilidade para administrar a empresa como você preferir; para finalmente ser seu próprio patrão.

Iniciar seu próprio negócio tem suas vantagens, mas também tem seu quinhão de desafios, desde estresse extremo e longas horas até a construção de um produto valioso ou a descoberta de um nicho de alto valor para o seu serviço.

Para ter certeza de que você está pronto, responda às três perguntas importantes abaixo.

 

1. Estou 100% comprometido?

Você pode não ser fã do modo como “compromisso” é retratado no mundo dos empreendedores. As histórias que lemos parecem cair em uma das duas categorias: Você é um sucesso instantâneo ou você trabalha arduamente e se extingue antes mesmo de começar a trabalhar.

Recentemente, alguém compartilhou uma ótima frase: “Um sucesso instantâneo leva 10 anos para ser feito”. Isso é um ótimo lembrete de duas coisas: Você não precisa ser um sucesso instantâneo para ter sucesso e você não precisa se queimar para chegar lá. Pode haver um meio termos feliz.

Embora iniciar seu próprio negócio assuma um compromisso de 100%, isso não significa deixar seu emprego atual ou trabalhar longas noites e fins de semana. Fazer malabarismos com uma carreira e ter um negócio secundário é desafiador, mas não impossível. Se esse é o caminho a seguir, crie um bom cronograma para ajudá-lo a permanecer no caminho certo.

Deixar seu emprego e depender exclusivamente da renda do seu negócio antes de você estar pronto para fazê-lo pode deixá-lo lutando para sobreviver, causando estresse e ansiedade desnecessários. Se você esperar até que esteja 100% comprometido (e financeiramente pronto), será mais fácil lidar os desafios que lhe esperam.

 

2. Qual é o meu nicho?

Você está entrando em um mercado que têm concorrentes existentes, isso é quase certo. Para garantir que seu produto ou serviço se destaque entre a multidão, você deve se diferenciar.

É aí que reconhecer seu nicho entra em jogo. Um nicho é um segmento específico de um mercado ou qualidades específicas de seu próprio produto ou serviço que restringem a quem você está tentando vender e o que exatamente você está vendendo.

Ao determinar seu nicho, lembre-se de que quanto menor o nicho, menor a concorrência, o que significa que você tem mais chances do comprador encontrá-lo. Mas esteja avisado – também significa menos compradores em potencial. Então você precisa equilibrar o nível de concorrência com o tamanho do mercado.

A chave é tornar o seu nicho claro para qualquer pessoa que encontre o seu site ou sua presença nas mídias sociais.

 

3. Quais ferramentas e recursos eu preciso para começar?

Antes de dar o primeiro passo para iniciar seu próprio negócio, faça uma lista do que você precisa para começar. Para algumas pessoas, tudo o que elas precisam é uma mesa nova. Em outros casos, no entanto, essa lista pode ser muito mais longa e pode incluir: softwares específicos, ferramentas de alta tecnologia e, mais provavelmente, dinheiro. Saber o que você precisa desde o começo permitirá que você monte lentamente o que você precisa enquanto se prepara para começar – se precisar de muito dinheiro, precisará de tempo para encontrá-lo, quer você faça um empréstimo bancário ou encontre um investidor.

 

Começando seu próprio negócio

Agora é a hora de dar os primeiros passos para começar seu próprio negócio, se você estiver pronto. Não é tarefa fácil. É preciso determinação, paciência e muito trabalho duro. Antes de começar, certifique-se de perguntar a si mesmo estas três questões importantes. Com isso você pode estabelecer uma base sólida para um negócio próspero e bem sucedido