• Produtos de informação

 

Montar um negócio na internet não precisa necessariamente ser associado a comercializar um produto, ter um estoque, envios e clientes; ou mesmo vender os produtos de parceiros ou adotar um marketplace. Uma opção interessante é vender conhecimento ou produtos de informação, que podem ser disponibilizados em um site ou plataforma virtual para consumo. Analise seus pontos fortes, por exemplo: você é desinibido? Tem uma boa desenvoltura em frente de câmeras? Possui alguma habilidade com edição e filmagem? Domina algum conteúdo em especial, e acha que poderia ensinar alguém? Você poderia converter esta habilidade em um produto diverso, que pode ser comercializado por você em seu site, ou disponibilizado em alguma plataforma comercial parceira a você, e a partir disto, gerar lucros (ou um ganho extra em seu orçamento), de forma a alcançar a sua meta econômica para o futuro.

Existem inúmeras formas de veicular na internet estes produtos diversos, e a forma a ser adotada deve atender prioritariamente a demanda de sua informação a ser transmitida, bem como a sua habilidade.

As principais formas de disponibilizar conteúdos na internet são:

-Áudios: uma teleconferência gravada, entrevistas, um curso ou algum outro produto de expressão oral…

– Vídeo: um projeto gravado, um vídeo de “faça você mesmo”, uma entrevista, um curso sobre alguma habilidade que possua…

– Texto: um e-book, um livreto de instruções de algum tipo, um guia de viagem…

 

Em cada uma dessas categorias, você pode realmente ser criativo e criar qualquer tipo e formato de conteúdo, desde que seja atraente e útil. Lembre-se de que seu produto acaba se tornando muito mais simbólico do que um simples objeto que possa ser despachado pelo correio, cujo valor possa ser atribuído com uma análise do material utilizado. Neste caso, o cliente deve ser “seduzido” a compra, e ganho pela criatividade com a qual a informação é apresentada.

Não importa de que jeito você faça, este tipo de negócio trata-se de uma renda passiva, dinheiro que é capitalizado enquanto você dorme, porque você coloca esses produtos à venda no seu site, e o cliente pode comprar e fazer o download a qualquer hora do dia ou da noite, automaticamente. Tudo o que você precisa fazer é verificar as vendas periodicamente para ver quais tópicos ou tipos de produtos estão vendendo o melhor… para que você possa fazer mais disso. Obviamente, além de disponibilizar em seu site ou plataforma parceira, é preciso investir no marketing necessário para que seu produto ou serviço seja conhecido digitalmente, através de redes sociais principalmente; afinal, como seu potencial cliente comprará seu produto se não o conhecer?

O truque com qualquer negócio on-line é garantir que você esteja em um nicho lucrativo. Portanto, fique atento às tendências, confira listas de best-sellers em sites como o Amazon, e considere o que as pessoas estão discutindo nas mídias sociais. Quanto mais informações você tiver sobre o que as pessoas desejam e procuram, mais facilmente você atenderá as demandas, e mais facilmente o seu produto será consumido.

Uma coisa a ter em mente é que você não precisa se restringir a apenas uma dessas oportunidades de comércio eletrônico. Comece com um, continue. Em seguida, adicione novos fluxos de receita conforme você puder. Isso aumentará sua renda e assegurará que você tenha algo para se recuar se um negócio começar a ir para o topo.

 

Imagem cortesia: Pixabay