Estudar a história lhe dá uma vantagem, porque a natureza humana nunca muda.

Certamente você já passou por isso quando era criança e sua mãe ou um professore lhe disseram que estudar história te beneficiaria muito. Seu pensamento inicial deve ter sido: A história está no passado – eu preciso focar no futuro.

Sua mente jovem e arrogante não entendeu totalmente o que eles queriam dizer até que um dia você se dá conta de uma coisa sobre o conselho deles: a natureza humana nunca muda. Provavelmente todos já ouviram a frase “A história se repete”, mas a maioria de nós não se esforça para investigar porque essa frase é tantas vezes repetida.

A razão pela qual essa frase se tornou tão comum é simples. Enquanto as pessoas podem mudar, sua natureza não muda. Compreender a natureza humana dá-lhe uma enorme vantagem nos negócios e na vida, porque permite que você se conecte emocionalmente com os outros. Entender tanto a natureza humana quanto a história prepara você para agir enquanto os outros reagem.

História como mentora

Aqui está uma dos nossos primeiros conselhos sobre o assunto: “Visualize a história como um mentor”.

De fato, a história é o mentor menos caro e mais fácil de acessar que você pode encontrar. No passado, para estudar história e a natureza humana, você precisaria fazer uma visita à biblioteca. Você precisava de um cartão de biblioteca para obter acesso; Às vezes, os livros que você procurava já não estavam lá; e outras vezes, você tinha que pagar multas por atraso.

Para estudar história hoje, tudo o que você precisa é de um dispositivo com acesso à internet e capacidade de diferenciar a história real das “notícias falsas”. Você tem mais acesso à história do que nunca e pode usar o passado para ajudá-lo a impulsionar seu sucesso.

A história não deveria ser um mistério

Ao estudar sua própria história, você pode entender melhor os erros que você cometeu e como você os atraiu para si mesmo em primeiro lugar. Isso ajudará a aumentar sua consciência. Consciência intensificada pode impedi-lo de cometer os mesmos erros repetidamente, para que você não precise pagar o “imposto fictício” mais de uma vez.

Você não deve transformar seus erros em um hábito; prefira um hábito de analisar seus erros.

Além de estudar seu próprio histórico, também use a história como mentor, estudando pessoas que estejam em uma posição na qual você deseja estar ou que tenha conhecimento

situacional que gostaria de possuir. Identifique uma ou mais pessoas bem-sucedidas, vivas ou mortas, cujas carreiras são atraentes para você. Em seguida, pesquise como suas vidas se desdobraram. Ao fazer isso, você também pode aprender com a jornada deles.

Mesmo nunca tendo os conhecido, apenas por ter estudado suas histórias e seu trabalho, você pode acessar as estratégias e princípios que os tornaram bem-sucedidos. Você também pode evitar cair nas mesmas armadilhas que eles, simplesmente elevando sua consciência.

Agora, com o advento dos celulares e laptops, acessar a história é muito fácil. Aplicar a história à sua própria vida é o passo mais difícil.

Emoção e ego: coisas para saber

Uma das coisas que mais nos limitam é o ego.

Quando você entende as necessidades do ego, tais como a necessidade de estar certo, ofendido, superior, inferior ou separado, você pode entender melhor as maneiras pelas quais as pessoas reagem em uma determinada situação.

Uma vez que você entenda os mecanismos de defesa e os padrões do ego, é muito mais fácil descobrir como se conectar com os outros, emocionalmente. Um dos “truques do ego” que você pode colocar em prática é estar preparado para sair de um acordo. Para muitas pessoas, seu ego não consegue lidar com a possibilidade de ver um negócio lucrativo desaparecer da mesa, o que torna essa uma ferramenta importante para se ter em negociação.

A natureza humana se torna uma segunda natureza.

Estudar a natureza humana aumenta nossa consciência, ajudando-nos a entender melhor a reação das pessoas em qualquer situação.

Olhe para trás em si mesmo.

Olhe para trás, para seus mentores.

Olhe para trás na história e no tempo.

Ao fazer isso, você aumentará sua percepção, usando o passado para avançar nos negócios.

 

Imagem cortesia: Pixabay