Depois que a internet se tornou um fenômeno dominante no final da década de 1990, ela mudou a vida como a conhecemos. Comunicações, viagens, música, governo e compras ganharam uma nov. Sim, varejistas grandes e pequenos abraçaram a Internet como uma forma de vender para clientes em todo o país… e em todo o mundo.

O comércio eletrônico cresceu exponencialmente na última década e não mostra sinais de desaceleração. Grandes redes de comércio online, como Submarino e Mercado Livre, bem como varejistas tradicionais, como o Walmart, abraçaram o modelo de negócios on-line de todo o coração. Mas mesmo que eles dominem a indústria, isso não significa que não há espaço para pequenos operadores como você.

Na verdade, nunca houve um momento melhor para se envolver na venda on-line como empreendedor. É muito mais fácil ganhar dinheiro com um negócio on-line do que ter uma loja física. O risco, o investimento e o tempo gasto são muito menores.

Juntamente com toda essa atividade de comércio eletrônico, cresceu uma maneira totalmente nova de criar e vender produtos. E acontece de ser a maneira mais fácil, mais econômica e muitas vezes mais lucrativa de operar um negócio on-line. Estou falando sobre a venda de produtos de informação.

 

O que são os produtos de informação digital?

 

Um produto de informação pode vir em todos os tipos de formatos, e deve transmitir conselhos úteis ao consumidor.

Apesar do nome, as pessoas não querem informações simples. Eles desejam dicas e estratégias para melhorarem suas vidas. Eles querem orientação, e isso é o que os melhores produtos de informação fornecem, seja um vídeo, um ebook, um áudio, um webinar , um site…

Tenha em mente que, neste caso, embora um CD ou DVD ou um livro impresso seja tecnicamente um produto de informação, queremos concentrar-nos exclusivamente nos produtos que são entregues eletronicamente, geralmente via download ou algum site seguro de adesão. Por exemplo, um ebook em formato PDF, um vídeo em um site protegido por senha ou uma gravação de áudio baixada do seu site.

O motivo disso é que, dessa forma, seus clientes podem encomendar produtos a qualquer hora do dia ou da noite, de qualquer lugar do mundo, e obter o produto instantaneamente, sem que você esteja envolvido na transação. É ganhar dinheiro enquanto você dorme. Claro, você terá que lidar com o atendimento ao cliente e manter um olho nas vendas. Mas é muito menos incômodo do que ter que acompanhar e enviar pedidos.

 

Por que você deve vender produtos de informação digital on-line

 

Existem várias vantagens com os produtos de informação digital.

Eles são fáceis e baratos de criar. Você pode fazer um produto de informação digital usando nada além de seu tempo e energia mental. Isso é grátis quando se compara ao seu investimento em dinheiro. Você só precisa de ideias. Então você escreve seu ebook, filme seu vídeo, grave seu áudio, crie seu webinar… o que quer que você planeje fazer. Isso também significa que, se o produto não vender tão bem quanto você imaginou, não houve um grande investimento naquele projeto. Isso reduz seu risco financeiro.

Praticamente não há custos de armazenamento. Como esses produtos são digitais, eles simplesmente ocupam espaço no HD de seu computador (e certifique-se de fazer backup) ou na nuvem. Para pessoas com produtos físicos, se estes não forem vendidos com a devida regularidade, além do valor investido, ainda há o custo e espaço de armazenamento, e gerenciamento do lote e estoque.

Neste ponto, você pode estar preocupado. Você está pensando que se você tiver produtos digitais, o que impediria de quem o recebeu repassar para amigos ou revender? Na verdade, nada. Mas tenha a certeza de que 99,9 por cento dos seus clientes não farão isso. E, na sua maioria, os comerciantes de informações não estão muito preocupados com essa questão, canibalizando as vendas.

 

Imagem cortesia: Pixabay