Para ficar na frente de clientes em potencial mais qualificados, siga estas três etapas.

 

Se você é um consultor financeiro, pode estar enfrentando desafios quando se trata de comercializar seus negócios.

Existem muitas ferramentas que prometem automatizar e simplificar suas campanhas de marketing. Mas a automação sozinha não resolverá seus desafios. Isso ocorre porque os negócios de consultoria exigem um nível de construção de confiança que simplesmente não pode ser automatizado.

Quando você tenta automatizar tudo, sua divulgação acaba sendo ineficaz. Pode até afastar seu público. Porém, boas estratégias usam a tecnologia para construir relacionamentos humanos com mais eficiência, não para automatizar as comunicações com os clientes em potencial.

Se você deseja melhorar o marketing de sua empresa de consultoria financeira hoje sem adotar tecnologias caras, continue lendo.

 

  1. Faça vídeos para atrair clientes em potencial.

O vídeo é uma grande oportunidade para consultores financeiros. A combinação de ver seu rosto e ouvir sua voz significa que você cria uma conexão emocional mais profunda com clientes em potencial do que através de outros meios.

Isso o torna inestimável para uma empresa como a nossa, baseada em relacionamentos. Você precisa investir em vídeos bem sequenciados e oportunos durante o processo de marketing e vendas. Antes que um cliente em potencial entre na porta, ele precisa vê-lo em vídeo pelo menos uma vez.

Se você trabalha com clientes menores, pode criar seus próprios vídeos — aqueles que apresentam você, o que você acredita e a quem você serve. A edição dos vídeos pode ser terceirizada por profissionais em sites como Fiverr ou Upwork de uma maneira econômica.

Se você trabalha com clientes maiores, pode terceirizar totalmente o processo. A terceirização da produção de vídeo pode ser mais cara em termos de dólares, mas considerando as demandas de alto valor do seu tempo, esse investimento pode ser sábio.

Se você nunca fez um vídeo antes, será beneficiado gastando um tempo realizando a storyboard do conteúdo e filmando-o para os seus primeiros vídeos, independentemente do tamanho da empresa. Isso o ajudará a entender melhor o processo, para que você possa terceirizá-lo de maneira mais eficaz.

 

  1. Invista em publicidade no Facebook.

O Facebook oferece a você o poder de alcançar quase qualquer público que você desejar com publicidade direcionada. E agora, os anúncios em vídeo no Facebook são baratos.

Isso significa que você pode ficar na frente dos mercados mais especializados (por exemplo, pessoas com cargos específicos ou em setores específicos) e em áreas geográficas específicas, tudo por relativamente pouco dinheiro. Por exemplo, consegui mais de 10.000 pessoas para assistir a vídeos completos, apresentando-me e meus serviços por menos de US $ 2.000.

Você pode criar públicos-alvo personalizados para as pessoas que visualizam seu conteúdo e, em seguida, atendê-las a ofertas valiosas – como consultas gratuitas ou ímãs de chumbo – que os colocam em seu funil de vendas.

Essa abordagem, como muitas estratégias de marketing inteligentes, trata da resolução de problemas. Seus anúncios precisam apresentar quem você é, quem você veicula e como você pode resolver problemas reais que seus públicos experimentam na vida financeira deles.

Para os consultores que desejam aprender ou se associarem a um especialista, esta é uma grande oportunidade para alcançar grandes audiências qualificadas de clientes potenciais de uma maneira profundamente pessoal e econômica.

 

  1. Aproveite o alcance orgânico no LinkedIn.

A terceira grande oportunidade de marketing para consultores é o LinkedIn.

Como o Facebook, o LinkedIn permite segmentar pessoas com base em seus cargos e geografia. Por exemplo, se você se concentrar em um nicho como cirurgiões plásticos, poderá encontrá-los facilmente no LinkedIn.

Depois de fazer isso, você poderá se conectar a eles gratuitamente e compartilhar o conteúdo que eles verão em seus feeds. Se o seu conteúdo for valioso o suficiente, essas perspectivas altamente qualificadas se envolverão com ele, o que cria um alcance orgânico substancial.

Isso significa que você não precisa pagar pelo alcance, ao contrário do Facebook, onde o alcance orgânico gratuito dessa escala está morto.

Por exemplo, imagine que você se conecta com 50% dos cirurgiões plásticos em sua área. Em seguida, você pode compartilhar vídeos, postagens ou outras partes do conteúdo que sejam altamente relevantes e específicas para seus problemas.

Após alguns meses de entrega de conteúdo valioso para seus possíveis clientes-alvo ideais, você se tornará um recurso confiável para eles.

Aqui está o que isso pode parecer:

Comece enviando uma solicitação de conexão personalizada gratuita para alguém do seu nicho. Em seguida, você envia a cada um vídeo se apresentando.

Após uma breve introdução, você pode dizer algo como “Gostaria muito de conversar um pouco mais e ver se há alguém na minha rede que possa ajudá-lo”. Ainda não há vendas envolvidas. Você está apenas quebrando o gelo e prestando serviço.

Então você continua a publicar conteúdo valioso. Após alguns meses de doação, você terá a capacidade de entrar em contato com eles. Você pode perguntar se faz sentido agendar uma ligação ou reunião para explorar como resolver os problemas financeiros deles.

O resultado?

Clientes em potencial altamente qualificados que conhecem e confiam em você – antes de entrarem no escritório.

Tudo isso pode ser realizado de graça ou de forma relativamente barata, desde que o consultor esteja disposto a colocar o trabalho em prática.

Além do mais, funciona.

 

Imagem cortesia: Pixabay