Um grande equívoco sobre o mercado é que ele é controlado pelos comerciantes e pela mídia. Na verdade, os consumidores quem controlam o mercado. Grandes comerciantes, empresários e empresas apenas reagem às tendências. Não importa se o último lançamento da Netflix é seu prazer secreto ou se você acha que é uma perda de tempo – o público mais amplo decide o que é popular.

Se você não tem controle sobre essas coisas, como você pode dizer quando deve mudar sua estratégia de negócios? Não há uma métrica única que lhe mostre isso. O problema com os dados é que eles lhe dão uma visão de mercado, e geralmente não apresenta uma imagem realista que permita detectar mudanças no mercado. Responder ao mercado coloca você em uma área com muito mais nuances pelos números do que o preto e branco, como a contagem de funcionários ou um volume de usuários.

Para ser eficiente, é importante conhecer o mercado, e buscar o máximo de informações em suas análises. Por exemplo, as redes sociais, em destaque o Facebook e o Instagram podem ser fontes muito úteis de dados, por aproximarem você, analista de dados, dos clientes e potenciais clientes, e consegue apreender seus desejos, aspirações, e visão sobre a sua empresa.

Embora este não seja um sinal definitivo para se lançar em um novo empreendimento, existem indicadores para guiá-lo. Prestar atenção tanto às ações como às reações de seus concorrentes, e os consumidores finais podem sinalizar o momento certo para atuar. Por exemplo, a falta de concorrência em um segmento de mercado, especialmente quando não há uma versão de qualidade de um produto, é um sinal de que há espaço para você.

Uma mudança de tecnologia é outro indicador. Nos últimos meses, o Facebook adicionou novos recursos para criar e distribuir vídeos e priorizou o conteúdo do Facebook Live no feeds de notícias. Vendo onde o Facebook estava indo, mais e mais empresas têm investido na divulgação de seus produtos em campanhas e marketing instantâneo, usando as “lives” das redes sociais como meio de apresentar seus produtos e realizar ações publicitárias.

Há uma incrível conversa sobre os talentos de inovadores e executivos fortes que podem ler e absorver as melhores informações de qualquer notícia. Sua compreensão e vontade de mudar são fundamentais para liderar um negócio à medida que ele evolui. Você pode ser inovador, e estar sempre testando e esforçando-se para entender se o mercado adotará uma nova estratégia, mas é importante que sua equipe compartilhe de sua visão empresarial, e que sigam a sua linha de pensamento para que o rendimento de sua empresa seja potencializado. Como líder, você precisa fazer com que seus funcionários se sintam prontos para entrar, testar e entender o que ressoa no ambiente atual.

Para fazer um negócio crescer, você deve ser um observador do mercado e um praticante do que você observa. Você tem que pular na água sem hesitação, e não apenas isso – você também tem que aprender a conter a respiração e ficar abaixo. Quando você se forçar a estar em ambientes onde não se sente confortável, você constrói a tolerância necessária para liderar a mudança de forma mais eficiente. A mudança não é fácil. Mas é imperativo.

Estamos todos em negócios diferentes com diferentes mercados e concorrentes diferentes e em diferentes estágios de crescimento. O ponto em que você está confortável girando suas estratégias será diferente do meu, ou de outra pessoa. No entanto, os consumidores sempre decidirão onde o mercado está indo. Quanto mais rápido você pode observar, testar e aprender, mais rápido você pode crescer.

 

Imagem cortesia: Pexels