O marketing afiliado é a maneira mais fácil de construir um negócio on-line, porque você não precisa ter seu próprio produto, nem criar seu próprio público para o produto. Em vez disso, encontre um produto que já tenha um histórico comprovado, que já vende e comercialize esse produto.

 

  1. Encontre um produto que você pode promover.

Para começar, encontre um produto que você pode promover como afiliado. Dê preferência a informação sobre produtos físicos, porque não há despesas gerais de produção ou custo de execução, resultando em comissões mais altas para você. Comece a organizar seus produtos por categoria e os classifique por importância, uma pontuação que quantifica quantos afiliados venderam com sucesso esse produto.

 

  1. Encontre seu público.

Em seguida, defina seu público. Determine quem compraria este produto e qual sua utilidade. Uma ótima maneira de fazer pesquisas de mercado é olhar para as publicações em revistas e outras mídias. Você pode usar essa informação para comercializar seu produto escolhido para o mesmo público. Outro lugar para pesquisar é em fóruns on-line que seu público-alvo freqüenta. Leia as perguntas e respostas do fórum para obter mais informações para sua pesquisa de mercado.

 

  1. Seja visto.

Depois de ter definido o seu público, procure uma maneira de alcançá-los. Existem muitas maneiras de alcançar o público-alvo. Dois bons métodos são através do YouTube e publicidade paga usando o Facebook. Por exemplo, você pode usar os anúncios do Facebook para direcionar sua publicidade diretamente ao público-alvo.

No seu anúncio, aborde o problema que seu público está tentando resolver e ofereça um vídeo com uma solução. Selecione cuidadosamente uma imagem para o seu anúncio que atraia a atenção do seu público. Sempre leia os e-mails do seu público, para que você possa vender para eles novamente.

 

  1. Monitore seus números.

Essencialmente, tudo o que resta depois do serviço feito é monitorar seus números. Para cada Real que você gastar, você deseja obter pelo menos um Real e dez centavos em lucro.

Envie seus anúncios e publicidade para vários segmentos do seu público-alvo, enquanto mede o público que melhor responde. Por exemplo, se você determinar a faixa etária de 25 a 40 anos, você pode segmentar essa lista em duas faixas etárias, 25-32 e 33-40. Use seus dados para restringir seu foco ao grupo etário que responde melhor.  Você pode então segmentar essa lista, e assim por diante, até você acabar com um público-alvo que seja altamente receptivo à sua oferta. Quanto mais segmentado o público, mais barato é o anúncio, e mais dinheiro você receberá em retorno.

Mantenha uma planilha de quanto você gasta em anúncios, quantos endereços de e-mail você recebe como resultado e quantos desses e-mails se convertem em vendas. Uma vez que você lida com o quanto lhe custa para fazer uma venda, o custo por cliente, tudo que resta é a lucro.

O processo não é fácil, mas pode gerar uma boa complementação para sua renda. A maioria das pessoas não está disposta a investir as horas para aperfeiçoar cada uma dessas etapas para obter os retornos máximos. Em vez de fazer o trabalho árduo, eles mudarão os produtos no meio do caminho, ou se distrairão com algum outro trabalho extra que pareça dar mais retorno em menos tempo. O que eles não percebem é que esse novo produto que lhes parece tão bom na página de vendas já deu trabalho a um outro alguém  para se transformar em lucro.

Em vez disso, se comprometa com o quanto precisa ganhar. E, em seguida, concentre-se no caminho para chegar lá. Se outros estão lucrando com o produto que você está vendendo, você também pode. Mantenha o curso até ter retorno. Marque seu mercado-alvo, seja através de marketing de conteúdo, publicidade paga ou uma combinação de ambos. Colete os endereços de e-mail do seu público, venda-os com produtos relacionados e acompanhe seus números. Uma vez que você comece a lucrar, logo estará tendo uma boa renda complementar em seu tempo livre.

 

Imagem cortesia: Pixabay