Bares são locais para diversão. Bebidas, comida, música, pessoas, conversa, risos. A criação de um bar quase parece acontecer por conta própria! Mas não confunda o prazer em aproveitar seu bar favorito com a habilidade para gerenciar um. Frequentar um bar pode ser algo que você faz com facilidade, mas trabalhar com um bar não é apenas lidar com diversão e jogos. Um negócio precisa ter uma boa relação entre paixão e comprometimento para que o empreendimento seja bem sucedido.

Bares podem ser rentáveis e eles podem ser bem-sucedidos, mas exigem longas horas de criação e trabalho árduo. Antes de se aventurar no mundo dos negócios, você precisa saber onde está prestes a entrar, e se é capaz de ter o compromisso necessário para que o empreendimento não falhe.

800px-Bar_in_Bristol

Existem alguns pontos que você deve estar ciente de antes de mergulhar de cabeça nesta aventura que você acha que pode ser por amor. Aqui estão alguns pontos para ponderar enquanto você considera suas chances de sucesso no mundo dos bares.

  1. Estar preparado para a pressão – Você precisa estar pronto para investir todo o seu tempo nos negócios. A partir do momento em que você acordar, cerca das 04:00 ou 05:00, será necessário estar sempre presente, e sempre em movimento. Você será responsável por tudo: a equipe, os clientes, o mobiliário, os investidores, o desempenho dos negócios. As responsabilidades vão sobrecarregá-lo. Serão semanas de negócios, pelo menos inicialmente. Este período é o mais fundamental e mais importante, e que vai determinar o futuro da empresa. À medida que o tempo passar, você vai ser capaz de confiar a maioria das funções para um pessoal treinado e gerentes confiáveis, mas você ainda precisará ter as mãos no negócio.
  2. O serviço é a chave – O bar é, em grande parte, uma empresa orientada pelo serviço, e por isso é parte importante que sua esquipe esteja sempre sob controle. Sendo o proprietário do negócio, você deve se certificar de que sua equipe está bem treinada, e que serviço prestado é tão bom quanto sempre. Se o serviço é lento às vezes, você deve estar preparado para encarar os problemas e acelerar as coisas. Um funcionário ruim significa que o serviço é ruim, e estes não podem deixar de se refletir negativamente na reputação do seu bar; e isso levaria à perda de respeito no mundo dos negócios.

E se você for o tipo de pessoa que não gosta de socializar, então um bar não é para você. Nunca subestime o poder de um simples “olá”. Como dono, eles esperam encontrar em você alguem para saudar, lhes dar uma impressão de boas-vindas, e mantê-los interessados em voltar.

800px-Sat-pression-1600

  1. O negócio vai estar sempre na sua mente – Diga adeus às suas férias e tempo livre, porque o seu bar vai ocupar todo o seu tempo, e muito mais. Se você tiver família, pode precisar discutir o compromisso com os negócios e procurar possibilidades para equilibrar a sua vida e a sua empresa. Visitar outros bares nunca mais será a mesma coisa, pois você vai começar a notar mais detalhes em vez de relaxar, e vai se tornar alerta na avaliação dos seus produtos e serviços, e na comparação dos seus pontos fortes e fracos. Você se encontrará procurando impressões digitais em vidros, manchas nas louças, e provavelmente desejara tocar tocar o tecido das paredes. Você vai querer examinar o ambiente e saber qual o tipo de iluminação que tenham instalado. Você estará procurando por falhas e ideias. Enquanto você pode estar fazendo isso com entusiasmo, isto pode não ser divertido para a pessoa que está com você. Também, não ser capaz de abaixar a guarda pode ser cansativo, mas você não deve relaxar.