A maioria dos gerentes sempre está procurando boas ideias. Eles também têm experiência, sabem mais, e estão em boa posição para avaliar os méritos de uma ideia de destaque. Quando eles rejeitam sua ideia, as chances de que ela talvez não tenha sido tão boa quanto você pensou são enormes, ou talvez você não tenha feito um bom trabalho em apresenta-la.

Outra realidade é que a maioria das ideias nunca são implementadas. Eu compararia isso com o futebol. Quantos jogadores entram em uma categoria de base de um time, e quantos despontam como ídolos da torcida? Mas sem jogar, quais são as reais chances de conseguir sucesso. Se você nunca tentar e se esforçar para ter um desempenho acima da média, seu ganho será de zero. Então, comece a ter uma expectativa realista do que é o sucesso quando se trata de inovação.

O que você pode fazer para garantir que suas ideias sejam ouvidas? Os gerentes são tão diferentes quanto as pessoas são diferentes, então não há uma maneira que funcione para todos. Conhecer o estilo do seu gerente ajudará para que você possa adaptar sua abordagem. Por exemplo, usando um modelo de estilos social talvez você consiga acessar melhor alguém que seja mais focado em marketing, mas talvez uma abordagem sobre os lucros que você pode obter quando seu chefe for mais focado em finanças.

Para a maioria dos gerentes, considere as seguintes dicas:

 

  1. Desenvolva uma visão inspiradora de sua ideia. Descreva de uma maneira que traga seu entusiasmo, sua paixão e seu compromisso. A maioria das pessoas tem dificuldade de ouvir alguém que não esteja genuinamente ligado a algo. E se você não está animado sobre isso, como você pode esperar que outra pessoa se anime?

 

  1. Faça sua lição de casa. Aproveite o tempo para pensar sobre isso, liste os prós e contras, e venha com um plano. Verifique para ver se foi pensado ou tentado antes, e quais foram os resultados. Em outras palavras, não desperdice o tempo de seu gerente pensando em voz alta – faça seu pensamento em seu próprio tempo e, em seguida, apresente uma ideia bem desenvolvida.

 

  1. Teste sua ideia com alguns colegas de trabalho confiáveis. Veja se isso faz sentido para eles, peça que eles sejam críticos e forneçam feedback. Ouça, verifique se eles entendem para ver o quão bem você está explicando isso. Enquanto você não deve deixar a resistência esmagar o seu entusiasmo, esteja preparado para aceitar que. Se cinco pessoas lhe disserem que é feio, pode ser feio.

 

  1. Benefícios. Aqui estão algumas ideias que mais provavelmente receberão a atenção do seu gerente:

– Uma maneira de reduzir despesas

– Uma maneira de aumentar a receita

– Uma maneira de fazer mais com menos pessoas (melhorar a eficiência)

– Uma solução para um problema que seu gerente vem tentando resolver

– Uma ideia que ajudará seu departamento a atingir um ou mais dos seus objetivos

– Uma ideia que ajudará um de seus colegas de trabalho a ser mais bem-sucedido (raramente encontramos esse tipo de ideias, isto é, deus colegas, e não apenas o seu ou de seu gerente)

 

  1. Evite esses tipos de ideias: Aqui estão algumas ideias que são mais propensas a perder o interesse do seu gerente nos primeiros três minutos:

– Algo que obviamente trata benefícios apenas para você

– Uma maneira de tornar seu trabalho mais fácil, mas a expensas de outras pessoas

– Algo que tenha um grande potencial para envergonhar seu gerente (e você)

– Algo que vai custar muito dinheiro em uma economia apertada

– Uma ideia baseada no pressuposto de que 2 + 2 = 5

 

  1. Responda adequadamente. Quando você apresenta sua ideia, responda as perguntas do seu gerente com paciência e respeito. Se você não conhece a resposta, admita e comprometa-se em consegui-la.

 

  1. Seja flexível. Se o seu gerente começar a fazer sugestões, então você está no caminho certo! Isso significa que ele/ela está começando a comprar sua ideia. Quem sabe as sugestões do seu gerente apenas podem melhorar suas chances de sucesso?

 

  1. Esteja disposto a deixar de lado a noção de que a ideia é “sua”. As melhores ideias são aquelas em que vários interessados participaram e moldaram. Insistir que você obtenha “crédito” pela “sua” ideia pode ser visto como imaturo e egoísta. Não se preocupe; pessoas suficientes tomarão consciência do seu envolvimento, especialmente se você continuar apresentando boas ideias.

 

  1. Decida quem deve estar envolvido. Determine quem são as partes interessadas: quem será mais afetado, quem precisará de suporte, e quem mais poderia contribuir para refinar a ideia.

 

  1. Se necessário, acompanhe com mais detalhes. Solte sua proposta ou business case na mesa do seu gerente, sente-se e espere. Avance e assuma a responsabilidade pessoal para garantir que a ideia seja implementada. Essa é uma boa maneira de ser ouvido na próxima vez.