A maioria dos sites existe para obter lucro, independentemente dos outros objetivos secundários que tenham. Mesmo as páginas de caridade e organizações sem fins lucrativos precisam obter dinheiro através de doações. Mas escolher um design bonito e ter bons preços às vezes não é suficiente para garantir que seus visitantes se convertam.

De acordo com KissMetrics , até 96 por cento dos seus visitantes não estão prontos para comprar. Então, o que você pode fazer para convencer na decisão de compra?

Você pode gerar um bom fluxo de tráfego através de seus métodos de marketing e publicidade, mas se esses visitantes não estão comprarem de você, você não poderá manter o seu negócio. Isso levanta a questão: como você pode maximizar a rentabilidade do seu site?

Há dezenas de estratégias que você pode usar para aumentar a rentabilidade do seu site. Estas são as mais eficientes:

 

1. Descreva claramente os benefícios do seu produto.

 

A maioria dos comerciantes cometem erro ao descrever seu produto. Eles contam fatos e as vezes exageram visando um aumento no indice de vendas. No entanto, é psicologicamente mais poderoso descrever os benefícios daquela categoria de produto, e não o próprio produto. Isso torna sua descrição mais experiencial, e dá às pessoas um ponto de vista para imaginar usando o produto.

Por exemplo, se você estiver descrevendo uma geladeira, não descreva como “capaz de um resfriamento mais rápido”. Em vez disso, mencione como ela “esfria os alimentos mais rapidamente para reduzir o crescimento de bactérias”.  Uma empresa que se especializa em marketing de vídeos explica: “Você precisa mostrar às pessoas como seu produto vai mudar suas vidas para melhor, e não apenas que é o produto, se você quer fazer um argumento convincente para sua compra”.

“Como produtor, é minha responsabilidade garantir que maximizemos a eficácia da campanha de vídeo, minimizando o custo para nossos clientes”. Essa mudança simples instantaneamente torna seu produto – ou oferta – mais atraente.

 

2. Diga aos clientes como usar seu produto.

 

A otimização da taxa de conversão realmente não é sobre otimizar páginas da web; trata-se de otimizar as decisões, e a própria página é um meio para um fim, mas não um fim em si. Você não pode confiar na ação do seu produto para ganhar espaço na mídia. Informe seus clientes sobre como eles podem usar seu produto em suas rotinas, inserindo-o em um contexto prático.

Por exemplo, se você estiver vendendo um e-book sobre como criar um negócio de comércio eletrônico a partir do zero, não o descreva como “contendo modelos que você pode usar para planejar seu negócio.” Seja mais específico e instrua clientes com algo como ” Complete uma página por dia. e você terá um plano para o seu negócio em menos de um mês”. Se você tiver um produto mais tangível, considere reduzir as instruções para seu uso em uma série de etapas simples, que você pode promover .

 

3. Ofereça comentários e depoimentos.

 

Por algumas razões, mais de 88 por cento dos consumidores confiam nas opiniões on-line tanto quanto eles confiam em uma recomendação pessoal de um amigo ou membro da família. Comentários de clientes rais abrem a porta e convidam seu público para a vida do cliente. Garantir meios de que o público consumidor possa interagir, antes de consumir um determinado produto ou serviço faz com que a experiencia de compra do futuro cliente torne-se mais precisa, e a fidelização do cliente torna-se mais rápida e eficiente.

 

4. Aproxime-se dos clientes com mensagens mais direcionadas.

 

Se você deseja que sua mensagem seja mais poderosa, mais relevante e mais persuasiva, há duas coisas que você precisa fazer: Primeiro, certifique-se de que está visando um público específico; E, em segundo lugar, forneça sua mensagem a essa audiência. Escolher um nicho especificamente definido e rentável pode ser um desafio, mas uma vez que você o faça, todas as mensagens da sua marca serão mais poderosas.

Muitos novos comerciantes cometem o erro de falar com o maior público possível, mas se você restringir seu foco com escolhas de palavras mais apropriadas (como um vocabulário maior ou menor) e um tom apropriado (mais formal ou mais casual), você ‘Amplificaremos a eficácia do seu site.

 

5. Demonstre o seu produto.

 

Certifique-se de que seus clientes podem realmente ver o que seu produto é, e como ele funciona. O marketing de conteúdo visual está sofrendo uma verdadeira explosão em popularidade devido a crescente demanda. Uma vez que a visão é o nosso sentido mais forte, reagimos mais fortemente às formas visuais de informação e conteúdo.

Se você tem um produto físico, mostre um pequeno vídeo de uma pessoa usando-o em uma configuração prática. Se você vende software, ofereça uma demo de sua plataforma. Obtenha os olhos dos seus usuários no que você está vendendo e mostre suas vantagens.

 

6. Dê aos seus visitantes algo valioso.

 

Se você deseja que seus visitantes pensem mais em sua marca, você precisará dar-lhes algo de valor. Isso não precisa ser algo tangivelmente valioso; pPor exemplo, você poderia simplesmente oferecer recursos para download, ou conteúdo informativo sobre como tomar uma decisão de compra. Todos os seus visitantes devem chegar ao seu site e sair com algo novo, mesmo que seja apenas uma nova informação.

 

7. Facilite a compra.

 

Se você deseja que seus clientes comprem, você precisa facilitar a sua realização. Os internautas não são pacientes (na maioria das vezes) e vão fugir no primeiro sinal de dificuldade, mesmo que isso signifique apenas alguns segundos extras para encontrar o que eles estão procurando.

Quando muitas opções são apresentadas, os visitantes simplesmente clicarão em um dos primeiros links disponíveis, esperando que seja o que eles precisam. Se não, adivinhe o quê? Eles desistem. Facilite a comora de seus visitantes, oferecendo chamadas para ação em todos os lugares, reduzindo a quantidade de informações que você solicita e garantindo funcionalidades fáceis e simplificadas em todos os navegadores e dispositivos.