O medo, a incerteza e a dúvida sobre suas capacidades são sentimentos comuns para as pessoas que estão pensando em aventurar no mundo dos negócios. Arriscar em um negócio novo não é algo fácil, e é mais que esperado que haja algum tipo de temor. Empreendedores de todas as partes do mundo já passaram pela sensação de ansiedade mediante a construção de uma nova empresa, pois como empresário, há pressão uma adicional para ser bem-sucedida, não só por causa dos empregados, parceiros e investidores que confiam e dependem de você, mas principalmente porque você está provando para si mesmo, sua família e seus amigos que sua ideia é boa.

Então, o que desencadeia o medo dos empreendedores? E como você pode superar este temor e construir um negócio bem-sucedido? É preciso encontrar a coragem de dar o primeiro passo, comprometer-se de todo o coração com a sua ideia, e acreditar em si mesmo.

Abaixo estão algumas maneiras de superar alguns dos maiores obstáculos mentais enfrentados por futuros empresários.

 

  • Defina metas possíveis – e ignore o perfeccionismo.

 

Onde você pretende começar? Há uma quantidade excessiva de detalhes para pensar e processos a serem implementados. Se há uma característica que os empreendedores têm em comum é a capacidade de estabelecer metas. Comece identificando qual é a missão geral da empresa e crie tarefas mais pequenas e viáveis que sirvam como passos para alcançar essa missão. Esses pequenos objetivos não só tornarão a missão da empresa mais realizável e menos intimidante, mas dará uma boa indicação de por onde começar. Empreendedores são, muitas vezes, perfeccionistas; mas lembre-se de que nem tudo precisa ser perfeito de início, e que é preciso testar versões betas do produto antes de comercializá-lo. Além disto, ouvir as opiniões dos clientes experimentais é fundamental.

Ter objetivos realistas é algo fundamental quando você está começando um negócio, em especial quando esta nova empresa está sendo criada em paralelo com um emprego de tempo integral. Vencer estes pequenos objetivos faz com que a sensação de sucesso e o desejo de dedicação torne-se maior. Começar é especialmente complicado quando você precisa dividir seu tempo com outra atividade, já que o tempo que você investe em um negócio onde não há a certeza de sucesso poderia ser dedicado ao lazer, família ou qualquer outra atividade que você deseje.

 

  • Concentre-se em algo que você conheça o nicho

 

Sendo o mais realista o possível, a paixão não é algo que determina o sucesso de uma empresa. Mais importante que a sua paixão por algo, é conseguir construir uma comunidade (ou reconhecer um nicho já existente) que possa investir, firmar parceria e consumir seu produto, pois cada parte destas supracitadas será fundamental para o seu sucesso financeiro. Ao identificar pessoas que estão entusiasmadas com o trabalho que você está fazendo, seu sistema de suporte se solidificará rapidamente.

 

  • Esqueça a ideia de que existe um equilíbrio perfeito entre vida profissional e vida.

 

Quando você está iniciando um negócio, é preciso ter em mente que a maior parte de seu tempo e energia será desprendido nesta empresa, pois se você não fizer isto, será difícil ter sucesso. Então, o que acontecerá com sua vida pessoal e relacionamentos? Se você é um empresário, há uma boa chance de que a linha entre a vida pessoal e profissional já esteja um pouco borrada, mas é impossível iniciar um negócio sem saber como sua família e amigos irão reagir. Felizmente, com o sistema de suporte certo, administrar um negócio não precisa ser um obstáculo para sua vida pessoal. A capacidade de se concentrar em familiares e amigos, mantendo as vendas rolando é algo essencial; e por isso, certifique-se de cercar-se de parceiros que entendam a necessidade de equilíbrio, e quem não o farão com que você se sinta culpado por também viver sua vida.

Definitivamente, não existe uma solução única para todas as empresas e empresários, mas equilibrar as relações pessoais e os negócios é algo fundamental.

 

Imagem cortesia: Pixabay