Tentar lançar sua própria loja de e-commerce pode parecer uma tarefa assustadora, mas não é realmente. Esta parte essencial da construção de seu negócio pode realmente ser realizada em um único dia. E não se preocupe — não iremos sugerir simplesmente lançar um trabalho de baixa qualidade na internet.

O lançamento de uma loja de e-commerce funcional, de grande aparência em um único dia pode parecer impossível, mas quando você tomar as medidas corretas na ordem certa, você estará pronto e funcionando em nenhum momento em tudo — sem qualquer investimento em dinheiro.

e-commerce-402822_1920

  1. Escolha um design.

 

Enquanto algumas empresas optam por investir um pouco de dinheiro na construção de um projeto de loja personalizada, é muito mais fácil — e mais barato — alugar um design pré-pronto utilizando alguma plataforma de comercio, locação ou um serviço semelhante. Claro, você precisa selecionar um design que irá se adequar bem com o seu produto, e incentivar os clientes a comprarem. Em geral, é melhor escolher um tema com um design simples e convencional, e com funcionalidade móvel para oferecer aos seus clientes uma melhor experiência de compra.

Banners e animações podem parecer uma boa ideia, mas para muitas lojas de e-commerce, isso distrai o consumidor do principal objetivo, que é vender o seu produto. Ao navegar em modelos de design, considere como sua loja aparecerá quando o modelo tiver sido preenchido com suas próprias imagens de produtos. Um design simples e limpo colocará o foco onde ele deve, e será mais visualmente atraente para seus clientes.

 

  1. Preencha o conteúdo.

 

Uma vez que seu projeto foi escolhido, o próximo passo é preencher sua loja virtual com o conteúdo. Isso não significa apenas preencher com texto e imagens as páginas dos produtos. Muitas empresas de design de comércio eletrônico podem ajudá-lo a adicionar políticas de devolução, termos e condições, e outro texto que possa ser importante para o seu site em minutos. E enquanto cabe a você escrever sua própria descrição de apresentação da empresa, informações de envio e páginas de produtos individuais, esta informação não necessariamente precisa estar completamente finalizada para tornar a sua loja ir ao ar.

Isso não significa que você deve apenas rabiscar a primeira coisa que pensar, sem verificar a gramática, ortografia ou clareza, mas você pode ter mais paz de espírito sabendo que você pode sempre voltar e ajustar todo o texto, caso seja necessário mais tarde. Neste ponto, a coisa mais importante que você pode fazer é decidir quais produtos serão incluídos em sua loja e escrever uma descrição para eles, algo que seja envolvente e que incentivará os compradores a fazer uma compra.

 

  1. Adicionar produtos e preparar o transporte.

Um layout de e-commerce funcional é fantástico, mas sem produtos e um método para enviá-los, a sua loja não vai se dar muito bem. Felizmente, aplicativos de gerenciamento de estoque e serviços de transportadora tornam viável encher sua loja com produtos e fazê-los ser entregues aos seus clientes mais facilmente do que nunca. Depois de receber uma encomenda, tudo o que precisa de fazer é confirmar a compra através do sistema que você adotar, gerar um pedido de entrega, e seu produto será enviado ao cliente.

A definição de um sistema de transporte no primeiro dia garante que você esteja pronto para começar a preencher os pedidos de clientes imediatamente. Este é o passo final para a criação de uma loja de comércio eletrônico totalmente funcional.

Com essas etapas cruciais cuidado, você pode começar a comercializar e vender seus produtos, enquanto ainda há opção de fazer upgrades e melhorias adicionais para sua loja quando necessário. Ao lançar sua loja de comércio eletrônico em um dia, você já terá eliminado um dos maiores obstáculos ao seu sucesso de vendas.