Se você acha que precisa de centenas ou mesmo milhares de reais para investir em um negócio está totalmente enganado. No passado, ter uma soma alta a disposição era quase uma exigência para fazer seu investimento em um fundo de pensão ou para investir em corretagem ou na bolsa de valores. Na verdade, até pouco tempo, a ideia de “investir em ações” ou empresas parecia algo completamente fora da realidade da maioria das pessoas. Hoje, principalmente com a possibilidade do fácil controle online de contas bancárias, investir tornou-se algo cada vez mais próximo da realidade das pessoas, e um sonho cada vez mais realizável.

Se antes investir era um sonho, hoje as coisas são bastante diferentes. Agora você pode começar a investir com muito pouco dinheiro. Veja como.

 

  1. Planos diretos de compra de ações

 

Se investir em empresas específicas é a sua meta, você pode considerar adquirir planos de compra direta. Como o nome sugere, você compra esses lotes de ações diretamente da empresa. Não há corretagem, nem intermediários, e você trabalha diretamente com a empresa que emite o estoque. Uma desvantagem é que nem todas as empresas oferecem um plano real de compras a longo prazo, e você se torna um tanto limitado em sua seleção.

As empresas não têm permissão para anunciarem planos de compra direta, por isso depende de você encontrá-los. Provavelmente você gastará um tanto de tempo em visitas as empresas que possui interesse, para analisar e examinar as condições da empresa e a relação desta com os investidores.

O benefício real de um plano direto com a empresa que pretende tornar-se sócio é que você não precisará pagar uma comissão a um corretor, e você tem a capacidade de comprar fracções de ações. Por exemplo, digamos que uma empresa na qual você deseja investir está negociando em R$ 1000,00 por lote de ações, mas você só tem R$ 500,00 para investir no momento. Através de uma negociação direta, você poderá comprar apenas metade de um lote, e investir aos poucos, até adquirir o percentual que deseje.

 

  1. Você não precisa realizar seu investimento apenas com um corretor tradicional.

 

Existem programas de investimentos que permitem que você registre sua conta bancária (algumas vezes, o cadastro pode ser feito diretamente no banco em que você é correntista), e através deles é possível realizar investimentos em diversas empresas, com planos de investimentos automáticos, ou seja, a cada mês (ou conforme o prazo que você programar) um valor será debitado de sua conta para o investimento em questão.

Tenha em mente que os bancos ou agências podem impor algumas restrições e taxas de contas, mas, em geral, é uma ótima maneira de começar a investir hoje sem muito dinheiro.

 

  1. Utilize de fundos de investimentos

 

Pensando em investir em algo onde você possa ter ganhos variados, como um fundo mútuo para que você possa alcançar a diversificação imediata, mas sem ter um valor inicial alto para que isso aconteça? Você pode considerar entrar em um fundo de investimentos. Ao contrário de um “banco de ações”, onde há um investimento inicial mínimo, os fundos de investimentos oferecem a oportunidade de poder investir um valor inicial variante conforme a sua possibilidade, que será investido em múltiplas empresas, e renderá conforme a habilidade do gestor de sua conta/grupo.

Este tipo de investimento é arriscado pois você deixa de ter o controle sobre o que irá acontecer com seu dinheiro, e quais as empresas receberão o seu investimento, mas por outro lado, abre a possibilidade de adquirir parte de várias empresas que inicialmente talvez não recebessem a sua atenção.

 

Imagem cortesia: Pexels