1. Você é multitarefa?

 

Uma pesquisa comprovou que as vezes ser multitarefa não funciona. Na verdade, as vezes alternar entre várias tarefas, faz você perder 40% da sua produtividade.

Em vez de alternar entre múltiplas tarefas apenas por fazê-las, concentre-se em fazer uma coisa de cada vez para que seja bem feito e tenha toda a sua atenção. Uma vez que tenha concluído uma atividade, você pode passar para a próxima tarefa.

 

  1. Quão rápido você pede ajuda?

 

Em vez de esperar até que seja tarde demais e você precise refazer toda uma linha de produção e repensar as atividades feitas, as vezes é necessário voltar uma casa, refazer as coisas e repensar os processos. Pessoas mais produtivas pedem ajuda imediatamente, assim que sentem uma dificuldade. Por exemplo, precisar de 10 novas postagens para um blog, se sua grande habilidade é financeira, será muito mais eficiente e produtivo solicitar que sua equipe de marketing trabalhe nos posts, do que dedicar-se horas e horas para produzir o conteúdo que pessoas com mais prática poderiam executar muito mais rapidamente. Isso, não só indica a sua capacidade de ser produtivo por reconhecer seus pontos de dificuldade, mas também mostra que há uma relação de confiança e respeito entre os membros de sua equipe, o suficiente para que eles entreguem posts de blog de qualidade quando você lhes delega a atividade.

 

  1. Você usou medidas de produtividade?

 

As medidas de produtividade são uma série de entradas calculadas contra uma série de saídas. Usar medidas de produtividade pode ajudá-lo a determinar como maximizar o uso dos recursos da sua empresa.

De uma forma geral, é preciso fazer um cálculo entre o valor obtido com seu produto e o investimento feito para que se consiga obter o resultado financeiro. O cálculo pode ser feito de diversas formas, e as principais seguem abaixo:

  • Vendas globais e produtividade: Divida suas vendas líquidas pelo número de funcionários que você possui. Por exemplo, se suas vendas líquidas são de R$ 10.000 e você tem 10 funcionários, do que R$10.000/10 = R$1.000. Isso significa que suas vendas precisam aumentar em R$ 1.000 para justificar o custo de contratação de um novo membro da equipe.
  • Produtividade de vendas de funcionários individuais: Aqui você levaria as vendas líquidas de um indivíduo, e dividiria o número de horas que trabalhavam.
  • Produtividade do trabalhador empregado: Se você fabrica um produto para vender, você pode medir a produtividade de toda a linha de produção dividindo o número de produtos fabricados pelo número total de horas trabalhadas por um período específico.
  • Produtividade individual do trabalho dos empregados: Aqui você precisa calcular as horas de trabalho dos funcionários divididas pelo número de produtos produzidos por esse funcionário durante um determinado período de tempo.

 

  1. Você acompanha seu tempo?

 

Acompanhar seu tempo pode aumentar sua produtividade, pois pode ajudá-lo a determinar em quais atividades que você desperdiça seu tempo. Você pode começar acompanhando todas as suas atividades por duas semanas. Ao analisar esta informação, você pode perceber que gasta muito tempo assistindo TV, respondendo a e-mails ou atualizando suas redes sociais. Se assim for, então você pode começar a trabalhar em maneiras de eliminar esses desperdiçados.

Também sugeriria o uso de um software de rastreamento de tempo, a fim de obter informações que você pode ter ignorado. Felizmente, existem muitas empresas de gerenciamento de tempo poderosas e inovadoras que podem ser usadas para ajudá-lo a aumentar sua produtividade.

 

Imagens cortesia: Pixabay