Pedir conselhos sobre sua carreira pode ser uma das coisas mais difíceis de se conseguir, pois é provável que você ouça inúmeras opiniões distintas, e nem todas serão positivas ou que acrescentarão aspectos realmente relevantes para a sua carreira.

Aqui estão os melhores e piores conselhos que você poderia ouvir, e de que forma colocá-los em prática.

 

  • Péssimo conselho: “Fique em um trabalho que você odeia”

 

Embora seja uma verdade que todos precisam de um salário para manter seu estilo de vida, ter o dinheiro como a única motivação de seu trabalho, é pouco inspirador.

Quando os funcionários olham seu trabalho como um meio para um fim, em vez de um lugar onde a sua criatividade, talentos e felicidade possam florescer, o sentimento de estar “preso” se torna inevitável.

 

  • Bom conselho: “Procure um emprego que lhe ofereça mais”

 

Estar em um trabalho que você odeia, ou onde você está desativado, é algo péssimo para o seu corpo e mente. Neste caso, o melhor é que você tenha uma conversa com seu empregador e seja honesto, que você está infeliz e você sente que não pode servir a empresa como você esperaria. Em muitas vezes você conseguirá, ao menos, renegociar os termos e melhorar em parte sua condição.

 

  • Conselho ruim: “Você só pode ter sucesso se for perfeito”

 

Em vez de ser encorajador para a sua carreira, este conselho em particular ataca a insegurança que quase todos compartilham: a busca pela perfeição.

 

  • Bom conselho: “Aceite suas imperfeições”

 

Há um motivo para que os “pontos fortes e fracos” sejam alvo de discussão em quase todas as entrevistas de emprego que você já terá: eles buscam saber no que você é excelente, como que você luta, e representa seu autoconhecimento.

Os desafios que enfrentamos e as imperfeições que temos são as nossas maiores lições, e oferecem-nos a oportunidade de crescer, ganhar sabedoria e compaixão.

 

  • Bom conselho: “Imagine-se trabalhando com isto até se aposentar”

 

Pensar desta forma não significa limitar-se a não trocar de carreira com o tempo, mas sim pensar a longo prazo no que você faz, e como seria permanecer por anos e anos fazendo a mesma coisa.

 

  • Conselho ruim: “Basta trabalhar duro, ser paciente e tudo dará certo”

 

Pode parecer uma fórmula simples para o sucesso, mas a realidade é que não existe uma fórmula mágica para se obter sucesso. Esta abordagem cria a ilusão de que uma boa oportunidade ou dinheiro apenas vão cair no seu colo. Infelizmente, trabalhar duro não garante que você avançará em sua carreira. Na verdade, muitas pessoas que trabalham incrivelmente bem são infelizes porque suas carreiras por não progrediram para o nível de sucesso que desejam.

 

  • Bom conselho: “Você nunca é muito superior para a rede”

 

Mesmo se você tenha alcançado um nível alto em sua carreira, deve ficar conectado a seus pares e potenciais empregadores. Seu avanço em qualquer profissão é baseado na construção de uma forte rede e de ganhar as habilidades necessárias para chegar ao topo.

Torne-se especialista em seu campo, construa relações-chave com influenciadores e procure a oportunidade que levará sua carreira ao próximo nível.

 

  • Conselho ruim: “Saia do seu trabalho e siga sua paixão”

 

Buscar aventuras e histórias empolgantes ao mesmo tempo em que ganha renda, é uma fantasia tentadora. Mas sem o trabalho árduo para transformar este sonho em realidade, deixar seu trabalho de tempo integral pode não ser a melhor coisa a fazer.

 

  • Bom conselho: “Consiga um trabalho em paralelo”

 

Trabalhar depois de seu emprego de tempo integral pode parecer exaustivo, mas é exatamente o que propiciará a transição entre o trabalho regular e o emprego que deseja.

 

Imagem cortesia: Pixabay