Ser bom não significa que você é fraco.

Por muito tempo, ser gentil tem sido confundido com fraqueza. Há muitos empreendedores que acreditam que ser um tirano ajudou-os a ter sucesso, mas você não precisa ser um carrasco para ser chefe.

Na verdade, a gentileza é uma qualidade essencial de liderança para o mundo em que vivemos. Há algo muito errado quando a gentileza não faz parte do pacote quando se trata de nossos líderes. Quando a gentileza não é modelada e celebrada, nos encontramos em um ambiente de trabalho que é, na pior das hipóteses, tóxico e, na melhor das hipóteses, não nos permite alcançar todo o nosso potencial e compartilhar o melhor de nós mesmos com os outros. E as pessoas estão clamando por um estilo de liderança melhor, mais humano e mais agradável.

Se você é um chefe, procure assumir a liderança na criação de um ambiente baseado em respeito, confiança e bondade. Abaixo estão cinco maneiras de ser mais gentir e mais forte – e obter melhores resultados – no seu papel de líder.

 

1. Fale

Ao se esconder atrás de uma fachada de amabilidade, você está sequestrando sua própria eficácia e não deixando uma ótima impressão de sua força e valor. Tudo bem se você fizer isso respeitosamente. A chave para discordar respeitosamente é permanecer positivo – não basta dizer que é uma ideia é ruim. Em vez disso, sugira uma solução melhor e seu raciocínio por trás dela. Além disso, demonstre que você investiu tempo para entender o ponto de vista da outra pessoa – isso geralmente é uma boa maneira de desarmar uma situação ruim.

 

2. Dê seu feedback

Quando você constrói um relacionamento forte com sua equipe e se preocupa profundamente com eles e com suas carreiras, pode ser difícil dar um feedback sincero. No entanto, evitar entregar um feedback negativo pode fazer você parecer um idiota e, francamente, um mau mentor ou chefe. Você também está fazendo um desserviço ao funcionário que se beneficiaria de críticas construtivas (“construtivo” é a chave aqui).

Dê um feedback que seja bom e direto, apresentando as informações de maneira empática e solidária. Posicione-o como um conselho útil ao invés de críticas duras. Comece com uma nota positiva sobre o desempenho da pessoa – algo que é verdadeiro e significativo e em seguida, passe para o “problema”. Diga: “Quero ser útil e entender melhor o que está gerando o problema”. Não é pessoal: concentre-se nos fatos. Dê exemplos específicos e pinte um

contexto mais amplo. Quando você aproveita sua gentileza para dar feedback com empatia, as conversas se tornam mais agradáveis e eficazes para todos os envolvidos .

 

3. Negocie

Você nunca deve ter medo de pedir o que merece. Use suas habilidades relacionais para negociar estrategicamente de uma maneira que seja boa para você e para a empresa. Concentre-se nos objetivos da empresa e no valor real adicionado à organização, em vez de todas as razões pelas quais você acha que deseja um salário mais alto. Reúna o máximo possível para de dados para usar como backup. Isso pode ser sobre suas realizações ou dados salariais de colegas de outras empresas. Às vezes, o valor que você adicionou não está vinculado a um projeto específico, mas criou uma cultura para sua equipe que resultou em melhor moral e retenção.

 

4. Network

O sucesso na carreira é cada vez mais definido não apenas por quantas horas você gasta no seu computador, mas também pela sua capacidade de se conectar a outras pessoas, incorporar perspectivas externas e navegar por grupos diversos. Essas são habilidades essenciais no mundo de hoje, porque ninguém e nada existe no vácuo. Isso significa conectar os pontos entre ideias, empresas e pessoas. Como um líder gentil, você tem uma vantagem aqui, contanto que você fique longe de sua mesa, porque muito dessas conexões exigem as habilidades que você passou a vida inteira desenvolvendo. Se você não está investindo em si mesmo e na rede, você não vai adquirir as experiências e insights que levarão à conexão dos pontos.

 

5. Tome decisões

Como líder, você precisa ser capaz de tomar decisões que possam perturbar outras pessoas. Sim, é essencial pensar em tudo através de múltiplas perspectivas e obter adesão e aconselhamento de colegas, mas no final do dia, um líder tem que ser capaz de tomar uma decisão clara, e então arcar com os resultados dessa decisão. Depois de tomar a decisão, agradeça a todos que você consultou. Reconheça que sua decisão não vai deixar todo mundo feliz, mas expresse que você acredita firmemente que essa é a direção certa. É melhor tomar uma decisão rapidamente para evitar ser considerado insosso e, assim, você pode seguir em frente.

 

Imagem cortesia: Pixabay