Manter um negócio próprio significa ter controle sobre o seu salário, sua carga de trabalho, e estar à frente de tudo o que concerne sua vida de trabalho, certo? Estar no controle do seu dia e seu destino parece ótimo.

Esse é o objetivo e a razão pela qual você decide se aventurar no seu negócio por conta própria. Porém, uma nova pesquisa sobre proprietários de pequenas empresas revela que ter uma empresa de pequeno porte não é algo para pessoas fracas ou de coração sensível. A vida certamente vem com suas dificuldades. Uma das maiores, e primeiras dificuldades é o gerenciamento de suas contas pessoais.

 

Agora, a maior questão é: Qual é o salário de um proprietário de uma pequena empresa?

 

Bem, uma coisa que, infelizmente, é muito comum quando se fala de salário de pequenos empresários é que 30% dos proprietários de pequenas empresas não recebem salário.

O que isso diz é que se você está procurando coletar um salário regular ou depender do contracheque que você obterá de sua empresa em processo de expansão, pense duas vezes antes de começar seu próprio negócio.

Claro, se 30 por cento não estão tomando um salário, isso significa que 70 por cento conseguem tirar uma renda regular de seus negócios. Tomar a liderança de uma empresa certamente não o deixará sem dinheiro, pelo menos se você estiver evitando assumir erros catastróficos. Mas em comparação com o CEO médio, o pagamento de um pequeno empresário é consideravelmente menor. Segundo esta última pesquisa, a média nacional paga por um CEO é de R$160.000 anuais, enquanto quase 87 por cento dos pequenos empresários entrevistados disseram que recebem um salário inferior a R$ 100.000.

 

Pagando o custo para ser o chefe

 

Mesmo que um proprietário de pequenas empresas fique perto desse valor de R$ 100.000, ele não pode se considerar um “sem salário” ou sem trabalho.

Durante esta pesquisa sobre os rendimentos de pequenos empresários, o que se observou é que o proprietário médio de uma pequena empresa está trabalhando muito mais do que o trabalhador médio. De acordo com os dados, 81 por cento dos proprietários de pequenas empresas trabalham noites e quase metade (45 por cento) fazem isso regularmente.

Os fins de semana também não são uma exceção. Na verdade, é mais provável que um proprietário de pequenas empresas trabalhe um fim de semana (87 por cento) e fará com mais frequência (45 por cento) do que o trabalhador médio.

O proprietário médio da pequena empresa, de acordo com a pesquisa, trabalha entre 40 e 49 horas por semana. O trabalhador regular, em contrapartida, trabalha em média 38,6 horas por semana.

 

Imagem cortesia: Pixabay