Enquanto estamos na escola, ouvimos repetidamente o quanto boas notas, boas posições em avaliações e participar de atividades específicas são importantes para nossa vida pessoal e acadêmica. Aqueles no topo da classe são presumidamente os que são os mais inteligentes, os mais preparados para o sucesso no mundo real. Esse pensamento, no entanto, é falho. Embora a inteligência seja frequentemente um fator de sucesso, não é necessariamente o fator mais importante.

Se você quiser ter sucesso no mundo de hoje, você tem que ter mais oportunidades que desenvolvam suas características positivas do que apenas um alto índice de QI. Aqui estão quatro coisas surpreendentes que muitas vezes são mais importantes que boas notas:

 

  1. Inteligência emocional

 

De acordo com uma revista especializada em psicologia, a inteligência emocional inclui “consciência emocional, capacidade de aproveitar as emoções e aplicá-las a tarefas como o pensamento e a resolução de problemas e a capacidade de gerenciar as emoções”.

A capacidade de entender e estar ciente do que está acontecendo com as pessoas ao seu redor é algo que irá auxiliá-lo de forma significativa em sua carreira, particularmente quando se trata de motivar seus funcionários e inspirar seus colegas de trabalho a conseguir mais.

É hora de parar de estressar sobre ser a pessoa mais inteligente na sala e trabalhar no desenvolvimento de sua compreensão e conscientização sobre as outras pessoas na sala. Isso é o que faz os melhores líderes, inovadores e pensadores.

 

  1. A capacidade de ver as diferenças como oportunidades

 

Ter uma diferença de opinião ou crença não é o fim do mundo. Embora possa ser a fonte de tensão em uma relação de trabalho, não precisa ser. Saiba como ver as diferenças como oportunidades, em vez de obstáculos. Isso irá posicioná-lo como alguém a ser seguido, líder do futuro. Aproveite a oportunidade para repensar sua abordagem e melhorar sua técnica de trabalho… você pode ter muito a aprender com um de seus colaboradores.

 

  1. Saber quando dizer “não”

 

As pessoas com QI elevados não são imunes a recessão, assim como eles não estão garantidos de que encontrarão empregos que os satisfaçam. Se você quiser ter uma carreira feliz, saudável e gratificante, você terá que aprender a dizer a palavra mais importante em seu vocabulário: “não”.

Ao dizer “não” e recusar o trabalho que não se adequa a você, ou que não deve estar em seu currículo para que alcance seu objetivo, você estará se posicionando para o sucesso. Você também vai gastar menos tempo estressado, se preocupando com o futuro e perdendo o sono sobre o estado de sua vida. Bônus: também o ajudará a ganhar respeito no trabalho.

 

  1. Pedir o que você quer

 

Uma vez que você sabe o que não deseja fazer (e, como mostrei acima, saiba quando dizer que não está fazendo isso), é hora de se concentrar em pedir o que deseja.

Quando você consegue articular de forma eficiente o que o faz feliz, o que o desafia (de uma maneira boa) e o que o diferencia de outras pessoas, você poderá se apropriar do seu trabalho e carreira. Uma vez que você começa a colocar-se no caminho dessas coisas, você achará que você está mais feliz, mais bem-sucedido e tem um melhor senso de equilíbrio em outras áreas de sua vida.

Estas são apenas algumas das muitas coisas que são mais importantes do que um alto índice de QI. A coisa mais importante que você pode fazer é identificar seus pontos fortes e se concentrar nessas. Dê mais poder para eles do que suas deficiências percebidas. Você achará que você é mais capaz do que você poderia ter imaginado.

 

Imagens cortesia: Pixabay