Você está pensando em arrecadar dinheiro para sua marca através de sites de crowdfunding? Parece uma ótima ideia! O crowdfunding é uma forma altamente eficaz de conseguir financiamento para o seu negócio e criar mais exposição para sua marca. No entanto, se você não domina a arte de exposição em crowdfunding, há algumas coisas que você deve saber.

Neste artigo você aprenderá quatro dicas de crowdfunding que o ajudarão a garantir que sua campanha seja um sucesso. Vamos começar.

 

Compreenda os benefícios – algo além do dinheiro

 

Este ponto é sempre um choque para as pessoas que não são experientes em crowdfunding. No entanto, é verdade: o crowdfunding oferece muitos mais benefícios do que o dinheiro.

O contato prévio que o crowdfunding ajuda a sua empresa a entender seus potenciais clientes. Quando você usa este método de financiamento, você não está lidando com investidores, e sim com pessoas reais que usarão seu produto. Isso significa que você pode usar suas campanhas para ver o que seu público realmente deseja.

Outro benefício é que o seu público está mais comprometido com sua empresa. As pessoas que doam para campanhas de crowdfunding não são investidores – eles não têm propriedade em sua empresa. Eles simplesmente aprovaram sua marca e querem apoiá-la. Isso significa que eles estarão mais dispostos a conversar com seus amigos sobre seus produtos e serviços. Eles serão mais propensos a compartilhar suas postagens nas mídias sociais. É uma ótima maneira de criar disseminadores de conteúdo, que irão falar de sua marca com as pessoas em suas redes. Quando você entender que crowdfunding não é apenas sobre dinheiro, você verá como alavancá-lo como uma maneira de aprender mais sobre seus clientes e obter mais exposição para sua marca.

 

Você deve escolher a plataforma certa

 

Quando você está implementando uma campanha crowdfunding, é importante escolher a plataforma certa. Você não quer escolher o que pareça agradável. Você quer usar o que complemente sua empresa.

Existem vários tipos diferentes de modelos crowdfunding para escolher. Certifique-se de que você está escolhendo o tipo de modelo que funciona melhor para sua empresa. Aqui estão alguns dos modelos:

Recompensas: os sites que usam este modelo permitirão oferecer certas vantagens não financeiras para seus patrocinadores (pessoas que lhe dão dinheiro), dependendo do quanto eles contribuam. Por exemplo, em “agradecimento”, você pode fornecer brindes diversos

Investimentos: Este modelo permite que os patrocinadores façam “microinvestimentos” em empresas que não estão listadas na bolsa de valores.

Doação: Este modelo é geralmente usado por organizações que apoiam uma causa social ou iniciativas religiosas. Nesse caso, sua organização não oferece incentivos ou vantagens.

Empréstimo: esta é uma maneira fácil de obter um empréstimo sem passar pelos bancos. Este modelo permite que os patrocinadores doem uma pequena quantidade de dinheiro à organização, mas são reembolsados com uma taxa de juros fixa.

Híbrido: este modelo é um “pout-pourri” do resto dos modelos. Pode incorporar alguns ou todos os aspectos dos outros modelos.

 

Se você quiser implementar uma campanha bem-sucedida de crowdfunding, descubra qual plataforma funcionaria melhor para sua marca.

 

Use vídeos!

 

Tornar-se bem-sucedido no crowdfunding significa ser capaz de captar a atenção potencial dos patrocinadores, e convencê-los a contribuir para o seu projeto. Isso significa que existem componentes de marketing envolvidos no processo. É aí que entra o vídeo.

Estudos mostram que os vídeos são a maneira mais eficaz de transmitir sua mensagem. Simplificando, se você não estiver usando o vídeo em suas campanhas, você está deixando de ganhar dinheiro. O uso efetivo de vídeos aumentará seus resultados.

 

Você precisa saber de quem você está buscando

 

Uma das chaves mais importantes para uma campanha bem-sucedida de crowdfunding é conhecer as pessoas que você está procurando. Você deve ter uma compreensão íntima do seu mercado-alvo ideal; caso contrário, você pode perder tempo e marketing de recursos para pessoas que não querem ou precisam do que você está oferecendo.

 

Imagem cortesia: Pexels