A variação entre a jornada de trabalho é enorme entre os países, e as legislações trabalhistas determinam esquemas variados de férias. Um fato comum é a sensação de estar sobrecarregado em suas jornadas de trabalho. O resultado? Nós tendemos a nos sentir menos entusiasmados com o trabalho com o correr do tempo.

A síndrome de Burnout leva a um esgotamento na produtividade. No entanto, a boa notícia é que existe uma solução para se manter motivado mesmo em condições adversas. Primeiro, é importante conhecer os sinais de que você pode estar se fragilizando emocionalmente, e aqui estão quatro sinais que você deve prestar atenção:

 

  1. A sua saúde está piorando.

 

Você pode ter um resfriado que simplesmente não passa, além de se sentir sempre exausto. Enquanto um resfriado típico dura apenas alguns dias, no seu caso, passam-se semanas e você ainda está tossindo ou febril. Pior ainda, você está comendo fast food e adotou um estilo de vida sedentário, e está muito ocupado ou estressado. Todos esses sinais levam ao Burnout ou a crises de estresse.

 

  1. Você está tendo dificuldade em se concentrar.

 

Quanto mais uma pessoa trabalha, mais ele ou ela se distrai. Depois de horas passadas na frente de um computador, maior será a sensação de ter drenada a sua criatividade e energia. O dia desaparece diante de seus olhos, e você percebe que não realizou metade do que estava em sua lista. Isso acontece quando você não faz uma pausa e afasta-se do que está fazendo. Antes que você perceba, você está sofrendo com o Burnout e não quer mais trabalhar.

 

  1. A sua falta de limites pode fazer você se sentir ressentido.

 

Você pode sentir o nível de frustração construído dentro de você porque percebe que tudo o que você faz é trabalhar enquanto os outros, sua família e amigos, se divertiam e socializavam em viagens ou encontros de final de semana. No entanto, você está preso em sua mesa. Sua situação começa a afetar seu humor com outras pessoas. As pessoas demandam cada vez mais a sua atenção, e sentem raiva por sua ausência. E você, enquanto isso, está bravo por não ter aprendido que não é errado dizer “não” a um cliente e, na verdade, demorar alguns dias para recarregar essas baterias mentais.

 

  1. O trabalho tornou-se a sua vida inteira.

 

Você está começando a se sentir como uma máquina, mas está funcionando de forma vazia. Há mais vida além do trabalho, mas você não está aproveitando esse fato. No entanto, ninguém pode continuar a trabalhar em um esquema 24/7. Mesmo uma máquina irá quebrar. Se você continuar neste caminho, provavelmente em algum momento a estafa irá vencer você, e este momento não será bom para ninguém, incluindo você, familiares e amigos, muito menos seus clientes ou empregador. Não deixe que seu desejo por sucesso o impeça de viver e aproveitar a vida.  Lembre-se: é preciso de pausas regulares e descanso para melhorar sua produtividade, atenção e qualidade de vida.

Quando você só se concentra em um grande objetivo e esquece do resto, é fácil ser acometido pelo Burnout. É como dirigir em direção a uma montanha no horizonte. Você pode dirigir por horas, mas a montanha não parece se aproximar. E o girar de suas rodas fica realmente cansativo.

 

Imagem cortesia: Pixabay