Se você está preso no estágio de brainstorming, o primeiro passo é se concentrar em duas perguntas: “Por que?” e “quem?” 

 

Você tem constantemente grandes ideias de negócios que ficam no esquecimento porque você simplesmente não sabe como transformar esses devaneios em realidade? Se você está preso no estágio de brainstorming, provavelmente é porque você não sabe o que fazer a seguir. 

Cerca de 550 mil pessoas, segundo o índice de startups Kauffman, tornam-se empreendedores a cada mês e você pode ser uma delas. Embora não exista uma fórmula garantida para iniciar um negócio bem-sucedido, há etapas a serem seguidas na fase de planejamento que não apenas ajudarão a determinar se sua ideia de negócio tem o que é preciso, mas também ajudam você a dar o pontapé inicial. 

Soa como você? Veja o que fazer a seguir. 

 

Determine o “porquê” e o “quem”. 

O primeiro passo a dar depois de ter uma nova ideia de negócio é concentrar-se no “porquê” e “quem” dela. Você pode pensar que criou uma ideia incrível, mas sua empresa não será bem-sucedida se você não conhecer as reais razões por trás da boa solução e para quem seria uma boa solução. 

Comece a pensar realmente sobre qual problema sua ideia de negócio resolve. Sua empresa pode resolver um problema para você, mas isso resolve um problema para os outros? Se mais ninguém tiver o problema para o qual sua empresa propõe uma solução, quem comprará essa solução? 

Depois de se aprofundar no motivo pelo qual sua empresa é necessária, determine quem será o público-alvo de sua empresa. Pense na demografia do seu público-alvo, o que é importante para essas pessoas e como você as alcançará. Você pode usar uma ferramenta gratuita como o Make My Persona da Hubspot para obter informações detalhadas sobre quem são seus clientes ideais. Um negócio não é um negócio sem clientes, afinal de contas. 

 

Procure por soluções semelhantes. 

Nenhuma ideia de negócio é 100% única; sempre haverá empresas no mundo semelhantes às suas. Então, não se preocupe se houver empresas fazendo o que você faz; na verdade, isso prova que há um mercado para o que você faz. O que você tem que pensar é em quem será sua competição, o que exatamente ela está oferecendo e o que você fará diferente ou melhor do que eles. 

Para se destacar da concorrência, você precisa saber o que diferencia você. Comece fazendo pesquisas sobre as empresas que poderiam se tornar sua concorrência. Veja o quanto eles cobram, quem é seu público-alvo e como eles negociam com eles, para citar apenas alguns pontos de pesquisa. Não há necessidade de reinventar a roda, mas olhe para o que essas empresas não têm e como você pode melhorar essas áreas da sua empresa, para que você capture seus clientes. 

 

Converse com seus clientes em potencial. 

Semelhante aos seus esforços para estudar sua concorrência potencial deve ser seu esforço para estudar clientes em potencial. Saia e comece a conversar com seu público-alvo. Veja se o seu produto ou serviço é algo que eles usariam, descubra quanto eles pagariam por ele e pergunte que produto comparável ou negócio eles estão usando agora para resolver o problema. 

Você pode até se aprofundar e pedir que as pessoas preencham uma pesquisa fornecendo respostas que o ajudarão a conhecer ainda melhor seu público. Até mesmo feedback negativo sobre sua ideia de negócio pode ajudá-lo a refinar sua ideia. 

 

Analise os detalhes do seu negócio. 

Ter uma nova ideia de negócio é emocionante; sua mente provavelmente está cheia de planos e designs – talvez demais. Então, sente-se e analise os detalhes mais sutis da sua empresa. Você estará oferecendo um produto ou serviço? Quanto vai custar? Como você vai comercializar o seu negócio? Você precisa conhecer seu novo conceito de negócio antes e depois do lançamento. Uma ótima e fácil maneira de organizar seus pensamentos é usar um software de plano de negócios como o LivePlan. 

Além disso, se você ainda não nomeou sua empresa, agora é a hora de fazer isso. Faça um brainstorming e crie um nome que ninguém mais tenha pensado. 

 

Determine o “como”. 

Depois de descobrir todos os detalhes de seus negócios futuros, o próximo passo é descobrir como transformar seu sonho em realidade. Obviamente, começar um negócio custa um pouco de dinheiro, então esse é um dos principais fatores que você precisa considerar. Decida se você vai falar com investidores, contratar um empréstimo ou até iniciar uma campanha no Kickstarter. 

Determine tudo o que você precisa para colocar sua empresa em funcionamento. Por exemplo, se você está oferecendo um produto, como você o construirá e quanto custará? Este último passo é um dos mais importantes para tirar o seu negócio da sua cabeça e para o mundo real. 

 

O que você está esperando? Ao seguir essas dicas, você estará no caminho certo para começar sua própria empresa. Se você reservar um tempo para planejar sua nova ideia de negócio, não criará apenas uma empresa, mas sim uma empresa de sucesso. 

 

Imagem cortesia: Pixabay