Estudos sugerem que os funcionários mais valiosos no futuro serão aqueles capazes de aprender regularmente e rapidamente novas habilidades.

Apenas nos EUA, cerca de 47% de trabalhos correm o risco de serem automatizados nos próximos 20 anos, de acordo com pesquisadores da Universidade de Oxford. Seus estudos sugerem que os funcionários mais valiosos do futuro não serão aqueles com anos de experiência em um campo específico; em vez disso, serão aqueles capazes de aprender regularmente e rapidamente novas habilidades.

Para apoiar o aprendizado rápido no local de trabalho, as empresas do mundo todo precisarão continuar sua transição atual do analógico para o digital. Um ambiente puramente digital já está permitindo a conectividade contínua entre dispositivos, dados e fluxos de trabalho; e objetos de escritório anteriormente mundanos estão sendo revolucionados pela tecnologia inteligente.

Graças ao aumento da velocidade da internet e do poder de computação, a tecnologia inteligente está sendo integrada ao escritório de várias maneiras. Essa aplicação da tecnologia também está gerando dados praticamente ilimitados: considere que 90% de todos os dados atuais existentes foram criados nos últimos dois anos, de acordo com a Câmara de Comércio dos EUA.

Tecnologias como a computação em nuvem também nos liberam de discos rígidos físicos e nos permitem acessar dados onde quer que estejamos. E para facilitar o processamento de todos esses dados, aprendemos a confiar na inteligência artificial. Até 2020, especialistas do Gartner preveem que alguma forma de IA seja incluída em quase todos os softwares disponíveis.

À medida que essas mudanças se tornam realidade, as empresas precisarão se adaptar rapidamente para se manter por cima. Para se preparar para o futuro do trabalho, os líderes de negócios devem se concentrar nas seguintes estratégias:

 

1. Mantenha-se atualizado

No mínimo, você precisa priorizar a atualização da tecnologia mais recente. Não se atualizar pode implicar em custos significativos de produtividade que se acumulam com o tempo.

Em uma pesquisa da Cognizant, 82% dos entrevistados disseram acreditar que o futuro do trabalho seria encontrado em máquinas inteligentes. Para suportar essas máquinas e seu poder de processamento, as empresas precisarão criar uma infraestrutura de TI que possa fornecer uma base sólida para as tecnologias de IA. E passar de sistemas muito desatualizados para uma infraestrutura altamente sofisticada tornará as coisas muito mais difíceis.

 

2. Explore os limites da tecnologia

Explorar os limites da tecnologia costuma ser um grande investimento, mas adotar novas tecnologias e aprender como usá-las antes que o restante da indústria faça o mesmo, pode proporcionar às empresas uma importante vantagem competitiva.

Por exemplo, o JPMorgan Chase está atualmente passando por uma transformação digital que enfatiza uma ampla gama de tecnologias de ponta, de blockchain a inteligência artificial e big data. Embora seja caro, os gastos nessas áreas agora renderão dividendos no futuro.

E, a menos que invistamos no futuro, corremos o risco de sermos vítimas do tipo de interrupção que se tornou quase inevitável no atual ambiente de negócios. Depois de trazer a tecnologia existente para nosso dia a dia, todos nós devemos olhar para o futuro para ver o que está disponível.

 

3. Corte o papel.

O papel cria desordem, e a desordem custa dinheiro. O escritório típico usa cerca de 10.000 cópias de papel por ano, de acordo com a Agência de Proteção Ambiental dos EUA. Então, junte-se à tendência e acabe com a sua dependência do papel, que apenas nega os benefícios que os dispositivos digitais interconectados oferecem

Em vez disso, invista em um scanner de documentos que possa armazenar digitalmente todos os papéis, documentos e anotações. Isso não apenas liberará espaço e reduzirá a bagunça no escritório, mas também poderá dar a todos o acesso a documentos importantes armazenados na nuvem, o que pode melhorar a eficiência e a produtividade.

Estamos à beira do que tem sido chamado de Quarta Revolução Industrial – uma explosão de novas tecnologias que mudarão fundamentalmente a maneira como trabalhamos e vivemos. Adotar novas tecnologias nem sempre é uma proposta bem-vinda para os líderes empresariais, mas, gostemos ou não, esses novos desenvolvimentos moldarão o futuro do nosso mundo. Para evitar ser deixado para trás, devemos abraçar o futuro do trabalho agora.

 

Imagem cortesia: Pixabay