Se você está começando em seu próprio negócio por qualquer um desses três motivos, é hora de reconsiderar.

 

A palavra “empreendedor” é comumente utilizada atualmente. Hoje todo e qualquer um é um empreendedor. Você tem um blog? Empreendedor. Tem uma conta no Instagram e alguns seguidores? Boom – empreendedor! Ser empreendedor hoje é fácil, legal, sexy e divertido, certo? Infelizmente a realidade não chega nem perto disso.

 

Ser um empreendedor de verdade é esgotante e, na maioria das vezes, está longe de ser glamoroso. Esqueça o que você vê na TV e nos filmes – este ofício não está nem perto de uma simples caminhada no parque.

 

Muitas pessoas pensam que ser um empreendedor envolve levantar da cama quando você quer nunca tendo que responder a ninguém e, ao mesmo tempo, fazer rios de dinheiro. Vamos direto ao ponto se você pensa assim – não é assim que isso funciona (ou que qualquer outro empreendimento), e você precisa entender isso completamente antes de se aventurar por esse caminho.

 

  1. Embora você não tenha um chefe, você ainda terá que responder as pessoas.

Você precisa ser extremamente disciplinado para ser um bom empreendedor. Ninguém estará lá para segurar sua mão ou dar-lhe palavras de encorajamento. Você precisa acordar todas as manhãs com um desejo queimando dentro de você para realizar tudo o que precisa ser feito.

 

Só porque você não tem um chefe tradicional ao qual responder, ainda há pessoas com as quais você precisa se comunicar com freqüência. Ser um empresário coloca mais responsabilidade no seu prato, às vezes mais do que muitos podem mastigar.

 

Você assumiu crédito com investidores ou empréstimo bancário? De uma forma ou de outra, você estará continuamente se comunicando com ou trabalhando para atingir metas com as quais você se comprometeu com eles. Eles vão querer garantir que o melhor interesse de seu dinheiro esteja sempre em mente.

 

Você tem clientes? Vendedores? Você estará falando com eles muitas vezes, garantindo que o relacionamento esteja indo em uma direção que seja benéfica para ambos os lados. Esta estrada não é sempre suave e haverá alguns dias em que você desejará apenas voltar a ao seu velho emprego e ter um chefe para se preocupar com todas essas questões.

 

  1. A idéia de que você faz seu próprio horário é uma suposição enganosa.

Claro, você terá seu próprio itinerário, mas o número de empresários trabalhando algumas horas por dia e depois boiando em sua piscina com alguns drinks o resto do dia é um percentual muito pequeno.

 

A maioria dos empresários e empreendedores – desde aqueles iniciantes em uma pequena empresa até aqueles com números já expressivos com negócios que podem valer alguns milhões – trabalha mais horas todos os dias do que a multidão que faz seu horário convencional de oito horas diárias. Construir um negócio é uma tarefa ridiculamente difícil. Não há nada fácil sobre isso.

 

Há definitivamente as liberdades que vêm com o tempo, mas só depois de colocar inúmeras horas de trabalho árduo e vários anos de sacrifício. Acostume-se com o fato de que você não terá mais férias programadas esperando por você, ou mesmo fins de semana para passar em casa com os amigos ou a família.

 

Enquanto você provavelmente terá mais liberdade para fazer seu próprio horário, não fique muito empolgado com essa possibilidade – é mais provável que você trabalhe mais do que quando tinha um emprego comum com carteira assinada.

 

  1. Você pode não ficar rico.

Sim, alguns empresários se tornam extremamente ricos. Jeff Bezos vem à mente – ele e seus negócios valem mais de cem bilhões de dólares. Mas, para cada Bezos, existem milhares de empresários que lutam para manter seus sonhos vivos e que estão vivendo sobrecarregados. Eles colocam seu bem-estar e, às vezes, o bem-estar de sua família em risco perseguindo um sonho.

 

Se você quer ser um empreendedor com a única intenção de enriquecer, então você provavelmente falhará antes de começar. Uma alta porcentagem de negócios falha logo no início e empreendedores que aproveitam o sucesso descobrem que a recompensa financeira é um subproduto da criação de algo que soluciona um problema ou satisfaz uma necessidade.

 

Esforce-se pela excelência, e se você executar tudo  corretamente, o dinheiro virá.