Depois de resolver questões básicas sobre logística e estruturação física de seu trabalho doméstico, surgem fatores externos (ou nem tanto) que devem ser considerados na hora de montar um negócio e casa. A relação com terceiros, vizinhos, família, e com você mesmo devem ser levados em conta.

 

8) Sua família

 

Você não é o único envolvido se você começar um negócio em casa; toda a sua família estará envolvida na empresa, para o bem ou para o mal. Você precisa considerar como a execução de um negócio em casa os afetará.

Enquanto muitas pessoas iniciam um negócio em casa pensando que eles poderão ter mais tempo com sua família do que de outra forma, a falta de separação entre o trabalho e sua vida pessoal pode interferir seriamente nas atividades familiares. Como você manterá sua vida familiar e sua vida profissional separadas, e quanto tempo você pode dedicar de forma realista a ambos?

Você também deve considerar as expectativas de todos. Você espera que os membros da sua família ajudem com o seu negócio? Como os membros da sua família se sentem sobre isso? Discuta os seus planos e expectativas de negócios com sua família em primeiro lugar, e descubra se eles estão ou não preparados para apoiar ativamente seu negócio.

 

9) Seu estilo de trabalho

Apesar da fantasia sobre as maravilhas do home office, trabalhar em casa não é para todos. Antes de decidir trabalhar em casa, você precisa pensar sobre sua personalidade e suas preferências de trabalho. Os três principais problemas que surgem quando se trabalha em casa são:

  • Trabalhar em casa pode aumentar a sensação de isolamento e falta de contato com colegas. Isto é especialmente difícil para aqueles que estão acostumados a trabalhar em ambientes de escritório e a estarem envolvidos por pessoas.
  • Trabalhar em casa pode causar maior estresse familiar, devido à dificuldade de separar negócios e vida familiar. Se você acha que trazer um novo bichinho de estimação para sua casa era estressante, espere até começar um negócio em casa!
  • Trabalhar em casa implica em uma autodisciplina e a capacidade de planejar e gerenciar o próprio tempo. Por um lado, ser seu próprio chefe significa que ninguém mais está lhe dizendo o que fazer. Por outro lado, se você não se mantiver focado e na tarefa, ninguém mais irá.

Pensar sobre o seu estilo de trabalho e elaborar estratégias para lidar com esses potenciais problemas antes que aconteçam podem fazer toda a diferença no seu sucesso.

10) Sua personalidade

Sua personalidade também é um fator determinante para se você saber se deve ou não começar um negócio em casa. Enquanto muitas pessoas veem o home office como uma extensão natural dos hobbies que amam, ter um passatempo não é a chave para a execução de um negócio doméstico bem-sucedido.

Você é empresário? Você tem as qualidades que um empresário precisa ter para ter sucesso? Uma pesquisa mostra que empresários bem-sucedidos compartilham certos traços e atitudes, como a perseverança, o desejo e a vontade de tomar a iniciativa, a competitividade, a autossuficiência, uma forte necessidade de alcançar e a autoconfiança. O entusiasmo é uma ótima qualidade, mas você não vai chegar longe com seus planos para iniciar um negócio em casa (ou qualquer outro tipo) se você não tiver a determinação de colocar seus planos em ação.

Se você é certo para isso, é certo para você …

Assustado? Não fique.

Decidir montar um negócio baseado em casa não é uma coisa rápida de se fazer. Mas se você decidir, este pode ser o tipo de negócio mais satisfatório e excitante que você já pensou em fazer. E saiba que você não está sozinho. Milhares de outros pequenos empresários estão fazendo exatamente a mesma coisa – e operando negócios domésticos bem-sucedidos.