Não há nenhum atalho, então apenas trabalhe com essa lista que você já deve conhecer

 

Ser produtivo desempenha um grande papel no seu sucesso. Provavelmente, é por isso que as pessoas passam horas e horas vasculhando a Internet em busca de dicas e truques de produtividade de alto nível.

Embora a maior parte desses conselhos possa ajudá-lo a se tornar mais produtivo, há muitos mitos por aí também. Eles podem parecer úteis, mas esses mitos, como os a seguir, podem na verdade fazer mais mal do que bem.

 

  1. Você deve ser uma pessoa matinal

Se você ler algum artigo compartilhando dicas de produtividade, é garantido que “acordar cedo” é uma delas. Embora haja alguma evidência para apoiar essa reivindicação, como de Christoph Randler (professor de biologia na Universidade de Educação em Heidelberg, Alemanha), acordar cedo não faz de você automaticamente mais produtivo.

Russell Foster, um neurocientista que estuda os ciclos do sono do cérebro, descobriu que não há diferença na classificação socioeconômica entre uma pessoa que acorda cedo e alguém que acorda tarde. Quer você acorde às 4h, 9h ou 20h, a lógica nos diz que todos nós temos a mesma quantidade de horas durante o dia para fazer o que é preciso.

Muitas vezes, as pessoas mais produtivas têm uma rotina e são deliberadas com seu tempo. Por exemplo, algumas pessoas preparam-se para o dia seguinte, tendo suas roupas dispostas e sua agenda definida. Desta forma, eles não perdem tanto tempo quando o alarme dispara.

 

  1. Limpo é igual a organizado

Há um equívoco de que ser organizado significa que Mr. Limpeza acabou de entrar e esterilizou o local. No entanto, só porque a sua casa ou espaço de trabalho está limpo não significa que você tenha todos os seus pratos alinhados corretamente. Você ainda pode perder muito tempo procurando itens quando precisar deles.

No contexto de se manter produtivo, ser organizado significa ter os itens que você usa mais à mão. Isso significa colocar essas coisas de volta em seus locais designados para serem facilmente recuperadas. Alguns de nós podem trabalhar na desordem porque sabemos onde tudo está. Outros prosperam em um local de trabalho impecável. De qualquer forma, tudo bem, desde que você não esteja perdendo nada.

 

  1. Quanto mais horas você trabalha, mais produtivo você é

Só porque você está trabalhando por oito, dez ou até 12 horas por dia, não significa que você é produtivo. Entre os intervalos, as distrações e a fadiga, o funcionário médio que trabalha oito horas diárias de trabalho é realmente produtivo apenas durante algumas horas do dia.

Além disso, trabalhar muitas horas é prejudicial à sua saúde. De acordo com um estudo com 85.000 pessoas no European Heart Journal, longos dias de trabalho podem aumentar as chances de você ter um derrame. Trabalhar mais horas não significa automaticamente que você fará mais. Em vez disso, aproveite os horários em que você pode trabalhar sem interrupções desativando as notificações do celular ou fechando o escritório.

Além disso, certifique-se de agendar o horário para pausas. Tomar um fôlego irá ajudá-lo a recarregar e se reorientar para que você possa voltar para a tarefa em mãos.

 

  1. Você trabalha melhor sob pressão

Algumas pessoas afirmam que trabalhar sob pressão aumenta sua produtividade. Isso pode ser verdade em pequenas doses. Por exemplo, você pode ter uma viagem marcada e precisa se apressar para não perdê-la. Viver assim de forma consistente, no entanto, não é sustentável e geralmente só cria estresse.

O estresse prejudica a saúde e o trabalho. Ele está ligado a problemas cardiovasculares e pode certamente tornar menos divertido trabalhar. Por tudo isso, mantenha o estresse ao mínimo. Uma dica saudável é não esperar até o último minuto. Esteja ciente dos prazos e defina prioridades para ajudar nisso.

 

  1. Você deve continuar trabalhando até terminar uma tarefa

Por que começar um projeto se você não vai terminá-lo?

Porque, às vezes, parar não é uma coisa ruim. Em vez de se obrigar a concluir uma tarefa, mesmo que você tenha atingido um obstáculo, identifique um bom local para parar e mudar a prioridade para outro item na sua lista de tarefas. Por exemplo, se você estiver fazendo uma análise de dados durante toda a manhã, faça uma pausa e responda a alguns e-mails importantes. Isso permite que seu cérebro faça uma pausa em um problema que está enfrentando. Quando você retornar à tarefa original, poderá estar revigorado o suficiente para gerenciá-lo de maneira mais rápida e eficaz.

 

Como você pode ver, é tudo sobre o que funciona para você. Tenha isso em mente enquanto testa esses mitos de produtividade e descobre a verdade neles que ajuda você a fazer mais.

 

Imagem  cortesia: Pixabay